Cancelamentos da DC acendem alerta sobre Pacificador, e James Gunn responde

James Gunn afirmou que nada mudou, até o momento, em relação à segunda temporada da série

publicidade

O cancelamento recente de Batgirl, anunciado pela Warner Bros., levou os fãs da série Pacificador a ficarem assustados e a questionarem o diretor, James Gunn, se estava tudo bem com o futuro da atração.

Além disso, ele também foi questionado nas redes sociais se a incursão que vai acontecer em The Flash mudará alguma coisa na linha temporal de Pacificador.

publicidade

Para acalmar os fãs, o diretor respondeu dizendo: “está tudo bem, e sim, Pacificador vai continuar fazendo parte DCEU.”

Gunn ainda confirmou que as gravações da nova temporada estão programadas para iniciar em algum momento do próximo ano – que já não está mais tão longe assim.

Pacificador (John Cena) em Pacificador
Christopher Smith (John Cena) em Pacificador (Reprodução)

Do que trata Pacificador?

A série é um derivado de O Esquadrão Suicida e já tem sua primeira temporada completa na HBO Max.

publicidade

Na trama do filme, o Pacificador se envolve com o resto da equipe por determinação de Amanda Waller (Viola Davis), mas acaba sendo abandonado à própria sorte, para morrer pelas mãos do Sanguinário (Idris Elba).

Entretanto, o personagem sobrevive e, na série, ele é recrutado para um programa especial como agente solo.

publicidade
Pacificador (John Cena) em Pacificador
Pacificador (John Cena) em Pacificador (Reprodução/ HBO Max)

Onda de cancelamentos também ameaça The Flash na Warner Bros.?

Um novo relatório, divulgado pela revista Variety deixou o público intrigado com o futuro do filme The Flash, que também já está finalizado.

O problema é que o comportamento do ator Ezra Miller nos últimos meses tem gerado uma grande controvérsia e vários escândalos que afetaram não só The Flash, mas também a franquia Animais Fantásticos.

publicidade

Agora, diante de toda a problemática, os executivos não conseguiram pensar no que fazer com o filme após todas as polêmicas, e ainda não há um consenso interno da Warner Bros. até o momento.

Considerando seu alto orçamento, que girou em torno de 250 milhões de dólares, é provável que o filme ainda seja lançado no cinema a fim de tentar recuperar o investimento do estúdio.

Entretanto, se isso acontecer, é provável que não haverá uma turnê de divulgação com os personagens principais, uma vez que Miller não tem condição de fazer isso e sua aparição mancharia mais ainda o nome do filme do estúdio.

publicidade

Resta aguardar para saber qual decisão será tomada pela Warner Bros..

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›