Criadores de Stranger Things vão produzir série live-action de Death Note

Será que dessa vez os fãs terão um live-action que esteja à altura do material original?

publicidade

Finalmente os fãs de Death Note terão a redenção live-action que merecem.

Depois do grande anúncio de que os criadores de Stranger Things estão criando uma produtora que assinou um acordo para criar conteúdos para a Netflix, foi revelado que os irmãos Duffer irão produzir uma série em live-action do anime/mangá japonês.

publicidade

A notícia, que veio através do Deadline, diz que a nova Upside Down Pictures já tem uma série de projetos engatilhados, incluindo uma nova versão de Death Note.

A produtora será comandada pelos irmãos em parceria com Hilary Leavitt, que já trabalhou para a BBC America e a MRC, e já produziu atrações como Orphan Black, Ozark, The Great e Shining Girls.

Segundo declaração dos cineastas à imprensa junto com o comunicado, eles querem criar histórias que os inspiraram quando eram crianças, que “se passam na linda encruzilhada entre o comum e o extraordinário, onde grandes espetáculos coexistem com trabalhos de personagem intimistas, onde o coração vence o cinicismo”.

Além da série de Death Note, a produtoras também está com vários outros projetos engatilhados, que incluem uma adaptação de O Talismã, de Stephen King, uma série original e uma peça de teatro e um spin-off de Stranger Things.

Sobre a atração

publicidade
Cena de Death Note (Reprodução / Netflix)
Cena de Death Note (Reprodução / Netflix)

Death Note é uma criação do autor Tsugumi Ohba e o artista visual Takeshi Obata. A história começou como uma série de mangás, e depois foi adaptado para uma série de outras mídias.

publicidade

A história segue Light Yagami, um estudante brilhante do Japão que encontra um caderno que causa a morte de qualquer pessoa que tem seu nome escrito nele. Com tal poder e um complexo de Deus que o rapaz já possui, ele usa o caderno como maneira de ‘limpar o mundo’ e matar todas as pessoas ruins do mundo.

Claro que as mortes dos bandidos não passam despercebidas pela polícia, que começa um jogo de gato e rato com Light, auxiliados pelo grande detetive L.

Depois do mangá, Death Note foi adaptado em formato de anime, com 37 episódios, e posteriormente virou um livro, um jogo de videogame, quatro filmes japoneses de live-action e duas séries.

publicidade

Recentemente, a Netflix criou uma adaptação americanizada para a história em 2017, que foi igualmente massacrada por críticos e fãs por ‘destruir’ o material original.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›