Atriz de Legalmente Loira revela tentativa de suicídio após término de namoro

Selma Blair se apaixonou por treinador de cavalos da faculdade e sofreu muito quando ele terminou o namoro

publicidade

Selma Blair, conhecida por atuar em Legalmente Loira e Tudo Para Ficar Com Ele, contou em entrevista sobre os momentos mais difíceis que enfrentou e, entre eles está quando tentou suicídio.

Segundo a atriz de 49 anos, que também já atuou em Segundas Intenções, o fato ocorreu quando ela estava na faculdade. Na época, ela acabou se apaixonando por Todd, o treinador de cavalos do centro de ensino.

publicidade

Durante entrevista à revista americana Elle, ela disse que ficou totalmente desesperada quando o namorado terminou com ela.

Selma então decidiu esperar até que ele dormisse para se sentar dentro do armário, quando decidiu tomar também um vidro inteiro de paracetamol misturado com bebida alcoólica.

Segundo a atriz, ela entrou em pânico ao perceber os efeitos que estavam sendo causados e sentiu que iria desmaiar a qualquer momento. Ela acabou acordando Todd, que a levou para o hospital.

De acordo com a atriz, quando foi compartilhar o episódio com sua mãe, Molly Beitner, ela teve uma péssima reação e disse que a filha estava “morta” para ela, por ter agido daquela maneira.

publicidade

“Foi a pior coisa que ela fez comigo. Eu havia tentado me matar, mesmo que fosse apenas por dez minutos. Por mais estranha e crítica que ela fosse, ela nunca superaria a morte de um de nós, especialmente por nossas próprias mãos. Eu estive morta para ela por dois anos – ou como punição ou porque talvez ela estivesse se preparando para a próxima vez.” compartilhou a atriz, que fez uma promessa à sua mãe quando era jovem, de contar sempre a verdade se estivesse sentindo que sua vida estaria difícil.

Selma Blair (Reprodução)

Selma Balir lançou sua autobiografia e contou também que já sofreu abuso sexual

publicidade

Entre as experiência desafiadoras que a atriz viveu, está também os abusos sexuais. Ela conta detalhadamente em sua autobiografia, que já foi lançada nos Estados Unidos.

Mean Baby (Bebê Malvado, em tradução livre), detalha que ela foi abusada diversas vezes e teve que lidar com problemas relacionadas ao alcoolismo, desde sua infância.

“Realmente é um conforto enorme, um alívio enorme no começo. Talvez até nos primeiros anos para mim, porque eu comecei muito jovem com isso como um conforto, como meu mecanismo de enfrentamento”, relata a atriz durante a entrevista à revista People.

publicidade

Em outubro de 2018, a atriz também divulgou para a imprensa a luta que enfrentou ao ser diagnosticada com esclerose múltipla – uma doença neurológica inflamatória, progressiva e autoimune que afeta o cérebro e a medula.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›