Kevin Feige intimidou a Sony por causa de Aranhaverso? Entenda

Chefe da Marvel Studios alertou a Sony sobre investimento em personagens do universo do Homem-Aranha, segundo relatório

publicidade

De acordo com relatório publicado recentemente, o chefe da Marvel Studios, Kevin Feige, advertiu a Sony em relação aos seus filmes do universo expandido do Homem-Aranha.

O estúdio é detentor dos direitos de todos os personagens que fazem parte do Aranhaverso e pode utilizá-los em adaptações cinematográficas quando desejar. Entretanto, uma publicação do site The Ankler afirmou que Feige avisou a Sony para não se antecipar demais em relação à construção desse universo da forma como ela vem fazendo.

publicidade

A fonte revelou ao site que ele recomendou ao estúdio que não ficasse insistindo em criar um universo compartilhado tão grande quanto o que ele fez no MCU com os Vingadores, porém o motivo para tal recomendação não foi divulgado.

Homem-Aranha e o vilão, The Spot, nos quadrinhos a Marvel. (Reprodução / Marvel Comics)

Ainda de acordo com o relatório, Feige está sempre de olho em todos os lançamentos da Sony e sempre atribui notas técnicas a respeito das suas qualidades e defeitos.

O estúdio já tem a data do dia 13 de janeiro de 2023 reservada para o lançamento de Kraven, o Caçador.

Até quando a Sony terá direito nos personagens do Aranhaverso? Advogado explica

publicidade

O advogado Paul Sark, que já trabalhou para a Marvel, explicou ao Comicbook.com que todos os personagens que sejam criados dentro do universo do Homem-Aranha nos quadrinhos passam a ser de propriedade da Sony automaticamente.

Segundo esclareceu, o tipo de contrato que foi feito entre a Marvel Comics e a Sony Pictures dá ao estúdio o direito de explorar todas as novas criações feitas para HQs.

publicidade

“Eu acredito que o conceito é que o universo do Homem-Aranha é qualquer coisa que apareça na publicação dos quadrinhos. Assim, esses personagens se tornam propriedades dos filmes.”, disse ele.

Homem-Aranha no Aranhaverso (Divulgação)

“Então pense nisso como se houvesse uma vantagem em ter continuidade. Quadrinhos não são estáticos, certo? E é isso que os fãs adoram, certo? Que as coisas evoluam, as histórias evoluam. Então se você criar personagens novos e interessantes nos quadrinhos, a Sony, acredito, tem o direito de explorá-los em seus filmes se eles forem do universo do Homem-Aranha.”, afirmou.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›