Diretor de Chamas da Vingança discute expandir franquia de Stephen King

Keith Thomas disse que acha que personagens apresentadas no novo filme tem potencial para protagonizar mais histórias e levar o universo criado para a produção adiante.

publicidade

Keith Thomas aceita o desafio de levar a história de Chamas da Vingança em frente e construir um ‘Stephenkingverso’.

O cineasta ocupou a cadeira de diretor na adaptação do livro do mestre to terror, e segunda versão nas telonas. A primeira versão, de 1984, foi estrelada pela então atriz mirim e ainda nova em Hollywood, Drew Barrymore.

publicidade

Em uma entrevista com o Comic Book, Keith admitiu que, caso seja da vontade dos estúdios, ele topa fazer mais filmes dentro deste universo. Na opinião dele, o novo filme apresentou uma série de personagens com os quais valia a pena investir tempo para explorar mais histórias:

“Eu sempre toparei, eu sempre estarei dentro. Eu acho que a gente já teve todo o tipo de ideias pra onde a gente poderia ir. Obviamente o Stephen King não escreveu uma continuação, então tudo teria que ser explorado, mas eu sinto que a gente criou um universo neste filme. Algumas personagens eu acho que poderiam ter histórias que se expandem, expandem e seguem em frente.”

O filme é baseado em um romance de Stephen King e conta a história de Charlie, uma menina que tem a habilidade de controlar o fogo. Ela e seu pai precisam encontrar uma forma de fugir da organização secreta do governo que está atrás deles para tentar usar os poderes da jovem.

Filme será mais fiel ao livro que o original

Charlene (Drew Barrymore) em Chamas da Vingança (Reprodução)
Charlene (Drew Barrymore) em Chamas da Vingança (Reprodução)
publicidade

Em entrevista recente ao The Hollywood Reporter, o produtor Akiva Goldsman comentou sobre a produção, e revelou que, em termos de enredo e o tom do filme, a nova versão de Chamas da Vingança vai estar muito mais próxima da versão escrita do que o filme dos anos 1980:

Chamas da Vingança é um dos últimos grandes romances de Stephen King, não feitos ou refeitos, que se tornaram clássicos. Há coisas que nunca esquecerei do filme original, mas a gente divergiu significativamente do livro. Então Scott Teems, que é um escritor realmente maravilhoso, escreveu esse roteiro incrível que está muito mais próximo do romance em pontos do enredo e tons.”

publicidade

Chamas da Vingança entra em cartaz nos cinemas a partir de 12 de maio.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›