Better Call Saul pode ter ido longe demais em destino final de seus mortos

Roteiristas temem não ter sido uma boa ideia devido afetar a história de Breaking Bad

publicidade

Better Caul Saul já está na 2ª parte de sua temporada final, e retomou a partir das chocantes mortes do episódio anterior.

Apesar de estarem tranquilos sobre a decisão de matar aqueles personagens, os roteiristas se preocupam se foram longe demais quanto ao destino final deles.

No 7º episódio da série o público viu o advogado Howard Hamlin (Patrick Fabian) ser assassinado por Lalo Salamanca (Tony Dalton), que posteriormente acaba morrendo ao subestimar seu rival: “Chicken Man” Fring (Giancarlo Esposito).

A difícil tarefa de se livrar dos corpos fica a cargo do empregado de Fring, Mike Ehrmantraut (Jonathan Banks), que resolve sepultar os mortos no super laboratório subterrâneo de metanfetamina do chefe, cena que posteriormente foi posta em dúvida pelos próprios roteiristas que a escreveram.

publicidade
Howard Hamlin (Patrick Fabian) é assassinado em cena de Better Call Saul (Reprodução/Youtube)

O roteirista-diretor e produtor executivo de Better Call Saul, Gordon Smith, revelou durante uma recente entrevista para o Blog do canal americano que criou a série, AMC, que a equipe responsável pelo roteiro temeu que o detalhe seria ir longe demais.

“Isso veio direto da sala dos escritores. Sabíamos que estávamos chegando perto do final do episódio. Falamos sobre se poderíamos terminar com Jimmy e Kim sentados na cama com seus olhares distantes. E eu acho que teria sido uma maneira legítima de terminar”.

“Nós realmente sentimos que poderíamos dar a Howard e Lalo um momento final de descanso, quase um funeral. Eu acho que tanto a [produtora roteirista-executiva] Alison Tatlock quanto o [co-criador da série] Vince [Gilligan] sugeriram o super laboratório, e é o tipo de coisa que você ouve e fica arrepiado”.

“E você pensa: isso é longe demais? É demais? E o mais importante, isso estraga algo em que não estamos pensando em Breaking Bad? Há alguma razão para não fazê-lo?”, ele explicou.

Lalo morre em cena de Better Call Saul (Reprodução/Youtube)
publicidade

A dúvida é plausível já que não é só o sepultamento de dois homens assassinados a sangue frio em um lugar inapropriado, mas, a macabra revelação de que Walter White e Jesse Pinkman produziam metanfetaminas sobre os corpos de Howard e Lalo durante toda Breaking Bad.

“Então conversamos muito sobre isso, e então nós estávamos tipo: ‘não, isso é muito bom e parece certo’. Ele adiciona um pouco de sabor que este superlaboratório foi construído sobre uma base da morte. E depois que descobrimos que foi aí que terminou, quebramos o teaser [aberto a frio] como uma espécie de conclusão”, ele concluiu.

publicidade

Os nove primeiros episódios da 6ª e última temporada de Better Call Saul estão disponíveis na Netflix, com mais episódios entrando semanalmente nas terças-feiras.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›