Uzo Aduba criou uma identificação com seu papel em Em Terapia

 

Uzo Aduba em Em Terapia (Divulgação)

Uzo Aduba será a terapeuta Dra. Brooke na volta da série Em Terapia depois de uma década de pausa. A série teve três temporadas transmitidas pela HBO entre 2008 e 2010 e, agora, volta para a quarta temporada.

Uzo demonstrou uma conexão imediata e impossível de não ser percebida, com sua nova personagem. Dra Brooke Taylor é uma terapeuta em luto, mas que oculta sua própria dor. A atriz conta que partiu de uma série de perguntas sobre “o que acontece quando você perde a noção da dor e suprime seus sentimentos mais dolorosos? Como isso vai te pegar depois e quem você vai ser?”, questiona.

Quinze dias antes de começar gravações intensas para a série, Uzo Aduba, que aparece em todas as cenas, havia perdido sua mãe, com quem tinha uma ligação muito próxima. A partir de narrativas incrivelmente tristes com diálogos essencialmente introspectivos e provocadores, a personagem que representa também perdeu um dos pais e lutava contra uma dor que a devorava.

Uzo Aduba em Em Terapia (Reprodução)

Aduba explica que “Ela estava em uma conjuntura de dor e perda”.
Embora pareça exagerada a comparação, Aduba fala disso como uma experiência libertadora. De acordo com a atriz, ver as consequências de Brooke tentar minimizar foi importante para ela.

“Não sei por que essa história surgiu nesse ponto da minha vida (…) Não sei por que ou como a cura vem, ou o que significa entrar em uma jornada para trazê-la, mas sei que ser capaz de identificar sua dor e perda, e ser capaz de vê-la ter perdido a noção de sua dor foi um aprendizado. A perda de qualquer tipo é intensa. Se você não sabe, espero que nunca sinta. Se você sabe disso, meu coração lamenta e apoia você”.

A série Em Tratamento original foi criada por Rodrigo García e teve Gabriel Byrne sentado na cadeira do Dr.Paul Weston. A série foi fortemente premiada e elogiada pela crítica na época de sua transmissão.

Atualmente os produtores executivos Joshua Allen e Jennifer Schuur decidiram trazê-la de volta com Aduba.

Em Terapia 2.0 terá uma configuração parecida com seu antecessor: formato de trinta minutos, focado principalmente em dois personagens, terapeuta e paciente, com cenário mínimo e história viscerais acompanhadas por uma terapeuta em que seu verdadeiro trabalho é manter suas próprias emoções sob controle.

A carreira e experiências de Aduba estão totalmente alinhadas ao seu novo papel. Antes de representar Suzanne “Crazy Eyes” em Orange is the New Black, a atriz trabalhou no teatro em Nova York. Com a configuração teatral,  Em Terapia exige um ator com o poder, presença e talento presentes em Uzo Aduba.

Veja mais ›