Roteirista de Doutor Estranho faz elogios a episódio 4 de What If…?

Doutor Estranho em What If... (Reprodução)
Doutor Estranho em What If… (Reprodução)

No episódio 4 de What if…? o Doutor Estranho estava com sua namorada, a Dra. Christine Palmer no acidente de carro que a matou em vez de somente arrancar suas mãos. Para tentar dar uma solução a isso, ele acaba indo para os caminhos que o levam a se tornar o cruel Doutor Estranho Supremo.

Assim, logo após a estreia do episódio no Disney+, o roteirista C. Robert Cargill, que trabalhou nos roteiros do filme Doutor Estranho, de 2016, usou seu perfil do Twitter para se derreter em elogios ao episódio, que reinterpretou os acontecimentos do filme.

 “What If…? é genial. Só tem os maiores e mais peludos ‘craques’ no MCU. Cada história é incrível, e cada uma capturou o verdadeiro espírito dos quadrinhos: embora grandes histórias possam acontecer fora da narrativa principal, os sacrifícios e escolhas feitas dentro do roteiro realmente importam.”, publicou ele em seu perfil no microblog.

Em seguida, ele continuou dizendo que foi um ponto alto de sua carreira ver o roteiro ser reimaginado dessa forma, elogiando o texto.

“Assistir um [episódio de] What If…? do meu próprio filme é realmente um destaque de carreira pra mim. E que ótimo roteiro. Este time é ótimo pra caralho. Não poderia estar mais apaixonado pelo episódio desta semana.”

Embora tanto Cargill quanto Scott Derrickson, diretor e co-escritor, possam ter se afastado do MCU durante o desenvolvimento do segundo filme do Doutor Estranho, intitulado Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, o elogio vindo da parte de Cargill é bastante gratificante e empolgante para muitos fãs do filme original, já que ele celebra a autenticidade do episódio e sua importância tanto para os quadrinhos quanto para o próprio desenrolar do MCU.

Doutor Estranho em What If... (Reprodução)
Doutor Estranho em What If… (Reprodução)

O episódio 4 da série animada marcou um ponto importante de viragem para seu desenvolvimento no MCU, principalmente no que diz respeito ao que vem pela frente para O Vigia e para o Ancião. Além disso, ele começa a dar os primeiros indícios de como What If…? pode vir a afetar o andamento dos próximos filmes e shows do MCU.

Tendo chegado à metade de sua execução na primeira temporada, a série animada está certamente provando ser uma adição emocionante ao Universo Cinematográfico da Marvel principalmente por explorar questões que vão além do significado do seu título – ‘E se…?’, em tradução livre para a língua portuguesa -, mas também permitir a adição de realidades alternativas ao MCU.

Veja o tweet original de Cargill abaixo:

 

Veja mais ›