Polêmica em revista foi plantada para atrapalhar novo lançamento de Liga da Justiça, diz ator

Ray Fisher chamou repórter de "minguada" além de dizer que a matéria é ofensiva e perigosa

publicidade

Nesta semana o site internacional da revista Rolling Stone publicou uma matéria sobre algumas polêmicas envolvendo o filme Liga da Justiça de Zack Snyder, que conseguiu ganhar vida graças a uma campanha dos fãs.

A matéria relatou que houve uma grande porcentagem de contas falsas na campanha a favor do Snyder Cut, e várias dessas contas contribuíram para o ataque contra funcionários e executivos da Warner Bros.

publicidade
Ray Fisher posa ao lado de boneco do Cyborg
Ray Fisher posa ao lado de boneco do Cyborg (Reprodução)

Ray Fisher, que interpretou o Cyborg no DCEU resolveu comentar a matéria. Fisher se tornou um dos maiores inimigos do estúdio, principalmente depois da saída de Zack Snyder da direção de Liga da Justiça (2017).

Fisher deu inicio aos relatos contra os comportamentos abusivos de Joss Whedon, que substituiu Snyder na direção de Liga da Justiça, bem como outras atitudes preconceituosas de alguns executivos da WB e DC, e a diminuição de seu papel no filme.

Em um tweet sobre a matéria da Rolling Stone, Fisher escreveu: “Exclusivo: Repórter minguada (Tatiana Siegel) falha em ofuscar lançamento digital de Liga da Justiça de Zack Snyder com texto bombástico enviesado – Warner Bros. lamenta. Fontes dizem que a repórter ainda está doída após ter suas mentiras denunciadas em 2021″.

publicidade

Em outro tweet o ator escreveu:

“Rolling Stone e Tatiana Siegel precisam consertar esse artigo imediatamente! Nem eu, nem ninguém na minha equipe, NUNCA recusamos a comentar nada para a Rolling Stone. Além disso, esse tipo de reportagem baseada em rumores é ofensiva, perigosa e deliberadamente evita fatos”.

publicidade

Como relatado por Ray Fisher, a matéria polêmica foi compartilhada ao mesmo tempo que acontecia uma campanha do lançamento da versão digital de Liga da Justiça de Zack Snyder que aconteceu no dia 19 de julho.

Desde o fracasso de Liga da Justiça de 2017 e a saída de Snyder do DCEU, os fãs se engajaram em um campanha não apenas para que o Snyder Cut fosse feito, mas também para que a WB e a DC restaurem o apelidado “SnyderVerse”.

A DC e a WB por muito tempo vem tentando criar um universo de filmes de heróis tal qual a Marvel, mas enfrentou diversos problemas em seu caminho, como acertar o tom de seus filmes e até problemas com atores.

publicidade
Zack Snyder e Ray Fisher nos bastidores de Liga da Justiça (Divulgação)
Zack Snyder e Ray Fisher nos bastidores de Liga da Justiça (Divulgação)

Com a Warner Bros. sob uma nova direção, uma reformulação nas produções começou, como o cancelamento do filme dos Super Gêmeos e a decisão de que filmes da DC serão lançados exclusivamente nos cinemas.

A DC continuará produzindo filmes ja estabelecidos de grandes heróis como Mulher-Maravilha, Aquaman e Shazam, ao mesmo tempo que fará filmes paralelos ao DCEU como Batman estrelado por Robert Pattinson e Coringa de Joaquin Phoenix.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›