Elliot Page foi forçado por estúdio a usar vestido em evento

Ator, que na época ainda se identificava como uma mulher cisgênero, não teve outra opção a não ser fazer a vontade dos estúdios

publicidade

Elliot Page abriu o jogo sobre as pressões que sofria para se vestir ‘adequadamente’ antes de anunciar sua identidade como pessoa trans para o mundo.

O ator concedeu uma entrevista para a revista Esquire, em que revelou que foi pressionado a usar um vestido para os tapetes vermelhos de Juno, filme que estrelou em 2007.

publicidade

Segundo o ator, ele não estava acostumado com essa ideia de dress code, por não ter crescido em Hollywood:

“Eu penso em vezes que as pessoas ficavam ativamente insistindo: ‘Não, você precisa usar um vestido’ em momentos bem importantes. Eu me lembro da estreia de Juno no Toronto International Film Festival”, disparou.

“Antes, fazendo a divulgação de Menina Má.Com, ou quando eu fui para o Sundance para um filme, eu não entendia o conceito de [vestir] um estilista. Eu cresci trabalhando no Canadá. Era diferente, eu me vestia como eu queria, não muito diferente do que é agora.”

Elliot contou que argumentou sobre usar um terno, já que eles queriam que ele estivesse bem arrumado, mas que os estúdios estavam irredutíveis com a ideia do vestido, que foi comprado pelos produtores às pressas:

publicidade

“Eu me lembro de chegar lá e ter essa roupa que eu queria vestir, e aí entender o grau de expectativas que as pessoas estão esperando que a gente esteja chique. Eu disse que queria usar um terno, e a Fox Searchlight basicamente disse: ‘Não, tem que ser um vestido’. E eles me levaram às pressas em uma loja chique na Bloor Street. Eles queriam que eu usasse um vestido, e foi isso.”

Michael Cera e Ellen Page em pré-estreia de Juno em 2008 ( Todd Williamson/WireImage.com)

“Aquilo foi extremamente errado”

publicidade
Elliot Page
Elliot Page (Reprodução)

Elliot também desabafou sobre o machismo que aconteceu na época do filme. Ele, que na época ainda se identificava como mulher, teve de usar um vestido, enquanto seu colega de elenco teve a opção de ficar confortável.

Apesar de ter sido aconselhado a deixar para lá, Elliot disse que não consegue ignorar o que aconteceu, que para ele foi errado de várias maneiras diferentes:

publicidade

“Durante todas as fotos de divulgação de Juno, o Michael Cera estava de calça e tênis. Eu olho para as fotos agora e fico de cara. É fácil para as pessoas revirarem os olhos, mas sabe do que mais? Aquilo foi algo extremamente errado. Eu não deveria considerar aquilo apenas algo que aconteceu, algo normal.”

“Não importa. Não importa se eu sou trans ou cisgênero. Um monte de mulheres cisgênero se vestem como eu e não tem nada de errado com essa m*rda”, desabafou.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›