Diretor e produtor contam o que mais gostaram em Bubble

O ponto alto do filme é contar uma história de amor através de cenas de ação, além de misturar o clássico com o contemporâneo.

publicidade

Bubble é o mais novo filme de anime que chegou ao catálogo da Netflix. A animação mostra a relação especial entre um garoto e um garota em uma Tóquio pós-apocalíptica dominada por bolha.

O filme tem direção de Tetsuro Araki, produção de Genki Kawamura e roteiro de Gen Urobuchi. Araki e Kawamura foram entrevistado pelo ComicBook e questionados sobre o mais gostam em Bubble.

publicidade

Akari, que tem um gosto em particular por ação, começou explicando que tentou tirar o máximo da experiência de sua equipe.

“Eu sou predominantemente conhecido por trabalhar no gênero de violência/ação, mas desta vez foi o Sr. Kawamura que veio até mim sugerindo que eu contasse uma história de amor, uma história de amadurecimento.

“O que tentamos fazer aqui é tentar usar as habilidades que minha equipe acumulou até este ponto para realmente contar não uma história de ação, mas bem, uma história de amor e muito única”.

Em seguida, o diretor afirmou que sua parte favorita de Bubble é poder aprofundar o relacionamento entre duas pessoas através de cenas de tirar o fôlego.

“Porque eu não acho que isso tenha sido feito antes para realmente contar uma história de amor através de sequências de ação. Então é isso que fazemos desta vez, através do parkour através da dança”.

“Conseguimos contar a união ou a troca emocional entre um menino e uma menina através de sequências de ação. Foi realmente a primeira vez que eu realmente senti que isso é realmente possível juntar esses dois elementos muito diferentes. Então eu acho que isso é uma conquista para mim, se eu digo isso, e eu realmente amo o filme completo também”.

publicidade

Kawamura concordou com as falas de Akari sobre contar uma história de amor através de cenas de ação.

Eu acho que o que é muito interessante sobre a animação japonesa em particular é que nós contamos a história de, por exemplo, histórias emocionais ou histórias de amor ou relacionamentos entre personagens que se desenrolam através da ação. Acho que isso é algo que começou, remonta aos trabalhos de Hayao Miyazaki. O que estamos vendo aqui é uma versão disso, que é muito vanguardista e muito contemporânea.

publicidade

O produtor ainda disse que gostou da forma como o filme mistura elementos de conta de fadas clássicos com elementos contemporâneos.

“Você verá muitos elementos no filme, incluindo um motivo que está em camadas em um conto de fadas muito clássico, “A Pequena Sereia”. Mas você também verá elementos muito contemporâneos no filme, como o esporte do parkour ou essa Tóquio isolada que nos lembra nossa situação atual enquanto tentamos sobreviver à pandemia. Também é muito esteticamente agradável e bonito, eu acho. Então, o que estamos trazendo para você é um anime japonês evoluído e atualizado”.

O elenco de voz de Bubble inclui Jun Shison, Mamoru Miyano, Yûki Kaji e Marina Inoue. O anime conseguiu a nota 7,0 / 10 no IMDb, enquanto no Rotten Tomatoes  conseguiu 20% de aprovação dos críticos.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›