Nova personagem faz Marvel receber elogio de diretor

Para Sam Raimi, a Marvel está no caminho certo no que diz respeito à diversidade e representatividade

publicidade

Em uma nova entrevista que concedeu com exclusividade ao site ScreenRant, o diretor Sam Raimi, responsável por Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, fez um elogio à Marvel por incluir a personagem America Chávez no filme.

Ele disse que ela é uma figura heroica e explicou que acredita que a personagem ajudará a representar pessoas que antes não tinham representação nos filmes de heróis.

publicidade

“É ótimo, porque eu amo o fato de que a Marvel é muito inclusiva, e essa jovem latina agora pode representar uma figura heroica para muitas pessoas por aí que eram sub-representadas antes.”, disse ele.

Quando o primeiro filme dos Vingadores foi lançado em 2012, o Universo Cinematográfico da Marvel consistia principalmente de heróis masculinos brancos, com a única heroína feminina sendo a Viúva Negra, interpretada por Scarlett Johansson.

Desde então, notou-se um esforço da Marvel para tentar apresentar ao público uma lista mais diversificada de heróis.

Embora, para muitas pessoas, ainda exista um longo caminho a percorrer nessa jornada de diversidade e representatividade, filmes como Pantera Negra e até mesmo Doutor Estranho no Multiverso da Loucura parecem indicar que a Marvel conseguirá chegar ao objetivo nesse quesito.

publicidade

Resta aguardar para saber qual será o destaque que America Chávez receberá no filme, mas, pelos trailers e materiais promocionais divulgados, acredita-se que o papel será muito mais do que somente uma participação especial.

Além disso, acredita-se também que a personagem retornará para novos projetos do MCU, principalmente em séries do Disney+.

publicidade
Xochitl Gomez como America Chavez em Doutor Estranho 2 (Reprodução / Marvel)
Xochitl Gomez como America Chavez em Doutor Estranho 2 (Reprodução / Marvel)

Sam Raimi também revelou quais filmes inspiraram o roteiro de Doutor Estranho 2

Na mesma entrevista ao ScreenRant, o diretor foi perguntado se a série Loki e o filme Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa tiveram muita influência para o roteiro do novo filme do Doutor Estranho.

O diretor, entretanto, explicou que o roteiro não se prendeu somente a essas produções, mas também se voltou a outros projetos do MCU, como Vingadores e WandaVision.

publicidade

“O mesmo roteirista, Michael Waldron, escreveu Loki. Mas basicamente, Loki é o que menos influencia aqui.”, iniciou ele.

“Há mais influência dos filmes dos Vingadores, depois das histórias de Thanos e WandaVision que afunilam em nosso roteiro. E o primeiro filme do Doutor Estranho, eu acho. Essas são as verdadeiras influências da história. Desculpe, e Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa também. Todas essas coisas estavam nos dando uma direção para onde deveríamos ir.”, explicou.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›