Deu ruim! Diretor de Thor 4 leva bronca dos fãs após criticar efeitos visuais do próprio filme

Fãs saíram em defesa dos profissionais que denunciaram a Marvel por baixos salários.

publicidade

O diretor Taika Waititi está em bastante evidência agora que Thor: Amor e Trovão está nos cinemas. Recentemente, ele acabou levando bronca do público por fazer críticas aos efeitos visuais do próprio filme.

Acontece que, em uma entrevista à Vanity Fair, ele fez uma análise da aparência de Korg e até questionou se o personagem parecia real naquela sequência.

publicidade

A fala acabou provocando risos da atriz Tessa Thompson, que estava presente no momento e ainda comentou: “nesta cena específica, não”.

Taika Waititi em Esquadrão Suicida (Reprodução)

O comentário não caiu bem, pois diversos artistas da área dos efeitos visuais estão denunciando a Marvel devido às péssimas condições de trabalho.

Trabalhos acumulados, jornadas exaustivas e baixos salários são algumas das queixas dos profissionais que atuam na parte de efeitos especiais das produções do estúdio.

publicidade

No Twitter, os fãs comentaram:

“Os artistas de efeitos visuais da Marvel foram pressionados para fazer isso e trabalham duro para que o filme seja lançado a tempo. Se não ficou legal, isso é culpa do estúdio, e como um diretor você deveria ter interferido e dito que não estava pronto, não fazer piada com seu próprio filme no final de semana da estreia.”, escreveu uma pessoa.

publicidade

“É estranho quando o diretor e a estrela do filme fazem isso. A equipe de efeitos visuais merece mais respeito e tempo para trabalhar nessas coisas (e ter salários maiores).”, publicou outro internauta.

Até o momento, o diretor não se pronunciou sobre o assunto.

publicidade

Várias cenas dos Guardiões da Galáxia foram cortadas de Thor 4, diretor explica

O diretor explicou que o objetivo era destacar a história de Jane Foster e não queria contar uma história na qual a heroína principal precisasse de um reforço para ajudá-la.

“O plano sempre foi tê-los no começo e depois seguir em frente. Porque eles têm seu próprio filme. Porém, houve uma conversa sobre eles voltarem no final.”, explicou o diretor.

“O problema é que isso acontece em todos os filmes. Já chega. Já chega da cavalaria chegando no final. Então nós arquivamos essa ideia. Nós só queríamos que Jane se destacasse no final.”, ponderou ele.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›