Após polêmica, Chris Pratt abre o jogo sobre envolvimento com “igreja anti-gays”

Justificando seu silencio, o astro afirmou que não queria "jogar uma igreja debaixo do ônibus"

publicidade

Volta e meia, as manchetes da mídia internacional estampam alguma cabeluda polêmica envolvendo artistas de Hollywood e isso não foi diferente com o astro de Guardiões da Galáxia, Chris Pratt.

Em 2019, o ator supostamente quase perdeu seu papel como Peter Quill, após uma série de boatos inundar a mídia, colocando Pratt como apoiador de uma igreja anti-LGBTs.

publicidade
Chris Pratt em entrevista para a revista Men’s Health
Chris Pratt em entrevista para a revista Men’s Health (Reprodução / Men’s Health)

Entretanto, anos após a polêmica, Chris Pratt quebrou o silêncio em uma entrevista para revista Men’s Health, afirmando que nunca foi a essa igreja. Para a revista, Pratt justifica seu silencio porque não queria “jogar uma igreja debaixo do ônibus”.

“Eu nunca fui para a Hillsong. Eu nunca estive na Hillsong. Não conheço ninguém dessa igreja. OK. Por que não dizer isso na época? Eu vou, tipo, jogar uma igreja debaixo do ônibus? Se for como a Igreja Batista de Westboro, é diferente”, afirmou Pratt na entrevista publicada nesta terça-feira (28).

Tudo começou em fevereiro de 2019, o ator Elliot Page, de The Umbrella Academy, criticou Pratt por sua suposta relação com a Hillsong Church, conhecida por ser uma “infame igreja anti-LGBT.”

publicidade

Ainda na entrevista, Pratt tentou reforçar seu comentário, ao revelar que ele e sua atual esposa, Katherine Schwarzenegger, escolheram uma igreja católica na Califórnia, para o batismo de sua filha.

James Gunn (Divulgação)
James Gunn (Divulgação)
publicidade

Ainda nesta semana, James Gunn, o diretor de Guardiões da Galáxia, já havia comentando sobre a polêmica envolvendo Pratt. O cineasta elogiou Pratt por ser “indescritivelmente gentil com as pessoas” e deixou claro que o ator está sujeito a muitas mentiras.

“Isso absolutamente me enfurece. Chris é incrivelmente gentil com as pessoas; ele sai de seu caminho para ajudar as crianças. Ele é um pai especialmente amoroso. E há um monte de coisas que as pessoas literalmente inventaram sobre ele – sobre sua política, sobre quem ele é, sobre o que ele acredita de outras pessoas, sabe?”

Recentemente, Chris Pratt voltou aos cinemas, ao estrelar Jurassic World: Domínio. O astro, no entanto, deve permanecer em cartaz por várias semanas, já que também faz parte do elenco de Thor: Amor e Trovão que estreia no próximo dia 7 de julho.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›