Amber Heard não aceita perder processo para Johnny Depp e entra com recurso

Atriz não aceita que o júri tenha dado ganho de causa para Johnny Depp

publicidade

Se depender de Amber Heard sua batalha judicial contra Johnny Depp não vai acabar nunca. Quase dois meses depois de perder um processo de difamação contra o ex-marido, a estrela de Aquaman anunciou nesta quinta-feira (21) aos tribunais que irá recorrer da decisão do júri. 

Uma das páginas do documento oficial que o site Deadline teve acesso dizem o seguinte:

publicidade

“Por favor, tome conhecimento de que a ré e contra-reclamante e demandante Amber Laura Heard, de acordo com a lei 5:9 das regras da Suprema Corte da Virgínia, dá aviso de sua apelação ao Tribunal de Apelações da Virgínia, em julgamento de 24 de junho de 2022, contra-alegando todas as ordens e decisões adicionais do Tribunal de Julgamento antes da data”.

Amber Heard durante entrevista para a NBC (Reprodução/Youtube)

Vale lembrar que a equipe de advogados da atriz tem tentado de todas as formas fazer com que o julgamento de Virgínia seja cancelado. Eles alegaram que uma das pessoas presentes no júri, embora tivesse o mesmo sobrenome, não era a pessoa que deveria estar lá, por ter outra data de nascimento. 

Há algumas semanas, a atriz também fez uma jogada ousada na tentativa de pedir um outro julgamento, o que foi prontamente rejeitado pelo juiz responsável. 

publicidade

Amber Heard ainda não pagou o valor de US$ 8,3 milhões, exigidos pela lei da Virgínia para que ela conduza um recurso, como a juíza Penny Azcarate informou à equipe jurídica da atriz em 24 de junho. Apenas quando esse valor for pago, é que a atriz terá o processo que ela moveu nesta quinta-feira (21) colocado nas pautas da justiça.

Logo após o documento da advogada-chefe de Heard, Eliane Bredehoft, ser colocado na pauta do tribunal hoje, a equipe de relações públicas da estrela do Aquaman fez uma declaração complementar.

“Acreditamos que o tribunal cometeu erros que impediram um veredicto justo e consistente com a Primeira Emenda. Estamos, portanto, recorrendo do veredicto. Embora percebamos que o arquivamento de hoje acenderá as fogueiras do Twitter. Existem medidas que precisamos tomar para garantir justiça e justiça.”

Johnny Depp processou Amber Heard exigindo 50 milhões de dólares em danos por difamação. Segundo o processo, um artigo escrito por ela para o jornal The Washington Post em que ela dizia ser vítima de violência doméstica, o teria feito perder diversos trabalhos, e ver Hollywood se virar contra ele. A atriz perdeu o processo, e alega que não tem condições de pagar a indenização no valor de US$ 10, 3 milhões.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›