Advogado explica como atores podem estar em produções da Marvel e DC ao mesmo tempo

Ex-advogado da Marvel revelou como estúdio prende seus artistas com uma cláusula contratual

publicidade

Apesar de todo rivalidade existente entre seus fandons, a Marvel e DC têm dividido algumas de suas estrelas, que tem conseguido trabalhar nas duas grandes franquias cinematográficas, e um ex-advogado da Marvel Studios explicou como isso é possível.

Paul Sarker revelou em uma recente entrevista ao site americano Comicbook, que essa transição é muito possível, dependendo do contrato que o artista assinou, e, às vezes, da boa vontade do estúdio com o qual assinou primeiro.

Ele disse que, apesar de não poder mandar em toda vida profissional de seus contratados, estúdios como a Marvel podem ter algum poder de decisão nos passos de seus talentos.

“Quando o estúdio tem opções, eles normalmente conseguem ditar. Eles não conseguem ditar o que o talento (artista) pode fazer quando não estão filmando, mas têm exclusividade bastante significativa”, ele afirmou.

publicidade

O advogado contou que existe uma cláusula que os estúdios gostam de inserir nos contratos das estrelas de suas mais importantes produções, chamado acordo de primeira posição, que obriga o artista a pedir permissão para outros trabalhos.

“Então, por exemplo, se você vai ser o protagonista de uma franquia da Marvel, você não pode realmente fazer DC ou outros grandes filmes, a menos que você obtenha autorização da Marvel porque eles querem estar na primeira posição”, ele explicou.

Zachary Levi como Shazam na DCEU e como Fandral no MCU (Montagem E-Pipoca)

Ele acrescentou que isso pode se estender por muitos anos se o artista estiver interpretando um personagem importante em franquias como o Universo Cinematográfico Marvel.

publicidade

“Eles têm o filme deles e depois haverá uma janela para uma sequência e depois uma janela depois disso por um terço, então ele vai continuar rolando”, ele salientou.

Quanto aos contratos longos que comprometem o artista para toda uma série de filmes, Sarker destacou que o contratado fica preso ao estúdio, que nem precisa de avisar previamente sobre o início das filmagens.

publicidade

“Se eles optarem por exercer sua opção, você tem que estar lá para a data. Então, eles vão exercer a opção, e então dentro disso, há um certo período de tempo em que eles têm que dizer qual é a data de início, e nessa janela, você não pode tomar outros projetos”, ele ressaltou.

Ele finalizou apontando a opção do artista tentar forçar o estúdio a deixá-lo livre para outros projetos se um contrato com tal cláusula ainda não tiver sido assinado.

“[Marvel Studios] tem a capacidade de dizer não, mas você pode agilizar. Você poderia basicamente forçar a mão deles e dizer: ‘Ok, eu vou pegar isso a menos que você exerça sua opção e me diga que eu não vou trabalhar’, então é muito complicado”, ele concluiu.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›