The Flash | Trama da telepata Rainbow Raider tem buraco; veja

publicidade

A personagem Rainbow Raider (Jona Xiao) de The Flash tem uma história de vida curiosa. Porém, um aspecto do castigo que a personagem recebeu deixou muitos fãs da série sem entender nada. O fato dela ter sido demitida e contratada da mesma posição várias vezes em um curto espaço de tempo intriga o público.

Ainda que pareça haver uma falha na narrativa, a explicação real para as idas e voltas da Rainbow Raider é que  ela estava usando seus poderes para influenciar seus patrões. Assim, toda vez que ela era demitida automaticamente era recontratada.

publicidade

O episódio 12 da temporada 7 de The Flash, Good-Bye Vibrations, retratou muito claramente a preparação do Team Flash para ver a partida de Cisco Ramon (Carlos Valdes), depois de anunciar que estava deixando Central City, para assumir um novo emprego na ARGUS. No entanto, a festa de despedida teve de ser suspensa quando souberam de um novo criminoso meta-humano. 

A Cisco apelidou esta nova ladra de Rainbow Raider 2.0, com base no fato de ela ter poderes de controle mental semelhantes aos do Rainbow Raider original, Roy G. Bivolo ( Paul Anthony). A principal diferença entre o velho e nova Rainbow Raider é que agora ela faz as pessoas felizes, enquanto Bivolo deixava as pessoas ficarem furiosas e combativas.

The Flash (Divulgação)

A explicação veio a calhar uma vez que mesmo ignorando que o negócio de cobranças tem uma alta taxa de contratação entre seus agentes, parecia ridículo que Carrie Bates pudesse continuar trabalhando no ramo após ser demitida por pagar dívidas sem autorização. Além disso,  Bates teria enfrentado acusações civis ou criminais e não apenas ter sido demitida. 

publicidade

Bates também não era qualificada o suficiente para trabalhar com um grande departamento civil. É também importante levar em consideração que o mesmo escritório do promotor, que antes estava decidido a usar Killer Frost como um exemplo de um metahumano, de repente estivesse disposto a mostrar clemência a um telepata desonesto, mesmo que o Flash estivesse disposto a atestar por ela.

No entanto, o fato de os poderes de Carrie Bates permitirem que ela obscurece a capacidade de julgar de outras pessoas explica tudo. 

publicidade

Sendo assim, toda vez que Rainbow Raider era demitida de uma agência de cobrança, ela conseguia simplesmente emprego em outra empresa, podendo usar seus poderes para encantar o entrevistador. Ainda que não seja comprovado, é possível que a nova Rainbow Raider fosse capaz de usar o mesmo truque com o promotor. 

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›