Resident Evil da Netflix fracassa e tem nota horrível entre críticos

Mesmo sendo de uma franquia cheia de fãs dedicados, isso não foi o suficiente para a atração agradar

publicidade

Apesar de ser uma das atrações mais assistidas no Brasil esta semana (ocupa a posição número 2 no momento em que este texto é escrito), Resident Evil: A Série está com uma avaliação humilhante.

Suas médias no agregador de críticas Rotten Tomatoes, que tem tanto críticas oficiais quanto avaliações dos espectadores, são péssimas.

publicidade
Ella Balinska como Jade e Ayushi Chabra como Dra. Amrita
Ella Balinska como Jade e Ayushi Chabra como Dra. Amrita em Resident Evil: A Série (Divulgação/ Netfix)

Até o presente momento, Resident Evil: A Série tem uma média “podre” de 51% em notas de críticos oficiais, e apenas 25% entre as avaliações do público. Com isso, o programa entra para o time das produções originais mais mal avaliadas de todo o streaming.

É difícil encontrar no catálogo da Netflix uma série com uma nota tão ruim. Ironicamente, uma das séries que pode ser comparada é a série animada Resident Evil: Infinite Darkness, que mesmo não agradando conseguiu pelo menos deixar os fãs um pouco mais felizes, com uma média de espectadores de 39%.

Fãs reclamam de trama confusa e sem foco

Cena de Resident Evil (Reprodução / Netflix)
Cena de Resident Evil (Reprodução / Netflix)
publicidade

Enquanto algumas pessoas massacram o programa, pelo menos uma parcela dos espectadores e críticos conseguiram aproveitar algo dele.

Apesar da trama confusa que deixou algumas pessoas perdidas com a história, uma boa parcela das avaliações admite que, embora não seja um conteúdo edificante, a atração serve pelo menos para ser uma distração momentânea.

publicidade

Confira algumas das reações da imprensa à série a seguir:

“Embora bem produzido e solidamente atuado, Resident Evil da Netflix parece muito com uma série genérica de terror de ficção científica, cinicamente tapada com a marca Resident Evil e polvilhada com serviço de fãs suficiente para impedir que os obstinados se desliguem completamente.”
Shaun Munro, Flickering Myth

“Ridiculamente ridículo… e muito divertido para quem gosta de desligar a massa cinzenta antes de estacionar no sofá.”
Ed Power, Daily Telegraph UK

publicidade
Ella Balinska como Jadeem Resident Evil: A Série (Marcos Cruz/ Netflix)

“Mesmo quando desigual, a vitrine de monstros e as emoções do terror de ação tornam Resident Evil uma brincadeira rápida e divertida que deixa você esperando por mais.”
Meagan Navarro, Bloody Disgusting

“É um binge-watch que se aproxima de você. Um pouco desigual no ritmo e nas performances, mas esta última tentativa de RESIDENT EVIL o manterá investido.”
Sarah Musnicky, Nightmarish Conjurings

publicidade

A primeira temporada completa de Resident Evil: A Série, composta por oito episódios, está disponível na íntegra na Netflix.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›