Rapper provoca Will Smith e faz proposta indecente para Jada Pinkett: “Venha transar comigo”

publicidade

O músico Kodak Black, de 24 anos, fez uma transmissão ao vivo no Instagram dizendo para esposa de Will Smith, Jada Pinkett, trocar o ator por ele, devido o tapa que ele deu no comediante Chris Rock durante a cerimônia do Oscar.

O vídeo, que já foi apagado, gerou repercussão e foi publicado dias após o anúncio da Academia de Artes e Ciências Cinematográfica de Hollywood, afastando Smith de seus eventos por 10 anos como punição pela agressão ao comediante.

publicidade

“Você está no prejuízo, Jada. Venha f***r comigo. Essa merda toda acontecendo é surreal. Você tem alguém que te ama. O Will já está com você há todos esses anos… Venha f***r com o Kodak. É o que você precisa fazer, porque você andou em meio a muita merda. Você não merece o Will Smith, você merece a mim”, divulgou o Daily Mail sobre o vídeo do rapper.

E não para por aí, Black ainda criticou um dos melhores amigos da Jada, o rapper Tupac Shakur (1971-1996): “Vida longa àquele garoto Tupac, que Deus abençoe a alma dele. O Tupac não era aquela coisa toda, durante toda a vida jamais foi um gângster”, declarou.

Kodak Black (Divulgação/Instagram)
Kodak Black (Divulgação/Instagram)

Kodak teria provocado o casal devido antigo affair de Jada com outro rapper

Os rumores são de que Kodak teria gravado o vídeo como provocação devido o affair que Jada teve com o rapper August Alsina, que em 2020 divulgou o romance entre eles.

publicidade

Na época, Alsina contou em entrevista em um podcast que o relacionamento com Jada tinha o consentimento de Will Smith: “Na verdade eu me sentei com o Will e tive uma conversa com ele sobre a transformação do casamento deles em uma parceria… Ele me deu sua benção”, contou.

Smith e Jada desmentiram as declarações do músico e chegaram a comentar sobre  assunto em uma edição especial do Red Table Talk, programa apresentado pela atriz.

publicidade

Jada comentou que o affair com  o rapper não passava de uma confusão, dando a entender que Will também tinha outros romances fora do casamento.

Quanto ao rapper Black, ele foi solto da prisão em janeiro de 2021 depois de cumprir três anos de pena pelo uso de documentos falsos para a compra de armas em uma loja de Miami. Ele já vendeu mais de 30 milhões de discos desde 2014 e suas músicas mais famosas são Zeze, No Flockin e Roll in Peace.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›