Primeiro encontro de Rick Grimes com zumbi poderia ter sido devastador

Criador da série esclareceu por que preferiu que Rick matasse um zumbi adulto e não uma criança

publicidade

O lançamento da coleção The Walking Dead Deluxe apresentou aos fãs não somente uma versão colorida da série, mas também chegou com alguns comentários adicionais do criador, Robert Kirkman.

Ele afirmou que a primeira vez que Rick Grimes matou um zumbi nas HQs poderia ter sido muito mais brutal e violento do que realmente foi. Isso porque, ao invés de matar uma garota zumbi que estava andando de bicicleta, Rick teria matado um zumbi criança.

publicidade
Rick Grimes (Andrew Lincoln) em The Walking Dead (Reprodução / AMC)
Rick Grimes (Andrew Lincoln) em The Walking Dead (Reprodução / AMC)

A mudança de planos aconteceu porque o criador ficou pensando que uma pessoa mais velha poderia fazer uma maior conexão emocional com o protagonista.

“A garota da bicicleta foi originalmente planejada para ser uma criança. Entre o enredo e o roteiro, decidi que uma ciclista mais madura seria mais triste, ou teria mais uma conexão emocional com Rick. Não sei se concordo com isso neste momento, poderia ter sido melhor a criança. Eu provavelmente mudei de criança na bicicleta para garota na bicicleta para que Rick pudesse andar de bicicleta. Seria mais difícil e meio pateta para ele ir para sua casa na bicicleta de uma criança. Boa pedida, velho Robert.”, afirmou ele.

Rick Grimes (Andrew Lincoln) em The Walking Dead (Reprodução)
Rick Grimes (Andrew Lincoln) em The Walking Dead (Reprodução)

Criador não explicará a origem do vírus zumbi em The Walking Dead

publicidade

Robert Kirkman também esclareceu mais sobre sua postura de não explicar a origem do surto de zumbis, em The Walking Dead Deluxe #41.

“Eu realmente nunca estive interessado em lidar com a causa do surto de zumbis. Minha opinião foi bem documentada, mas a versão curta é… qualquer explicação detalhada levaria as coisas longe demais para o reino da ficção científica para mim. Acho que é melhor deixar sem solução. Dessa forma, a história permanece fundamentada. Dito isso… Toneladas de fãs queriam que eu o explorasse, e eu não estava acima de ceder a eles de vez em quando de maneiras que achei interessantes”.

Kirkman explicou na San Diego Comic-Con 2017:

publicidade

“Eu sempre pensei que uma das melhores coisas sobre esta série é que não é sobre cientistas e não é sobre pessoas que aceitariam isso como uma tarefa – porque eu sinto que isso não é relacionável… Sair e tentar resolver isso seria um show chato.”

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›