Michael Jackson quase interpretou personagem querido de Star Wars; saiba o que deu errado

Cantor acabou não entrando para o elenco por divergências criativas

publicidade

Muitas pessoas podem não saber, mas o cantor Michael Jackson teve seu nome cogitado para interpretar o personagem Jar Jar Binks, da saga Star Wars.

Ele até mesmo teve uma reunião com o próprio George Lucas, criador da série, porém, as coisas acabaram não saindo como o esperado porque eles não conseguiram chegar a um acordo sobre a abordagem que o personagem precisava ter.

publicidade

Isso porque Michael idealizava Binks de uma maneira diferente daquela que seu criador o pensou.

O cantor queria interpretar o personagem utilizando algumas próteses e maquiagem, da mesma forma que fez no clipe da canção Thriller.

George Lucas, entretanto, imaginou Binks criado completamente em CGI, o que, obviamente, não daria certo se Michael fosse interpretá-lo.

Outro problema no qual os dois se esbarraram é que o personagem é apenas um coadjuvante – mesmo sendo amado pelo seu criador – enquanto que Michael já era um grande popstar.

publicidade

George Lucas não queria que Michael roubasse a cena e ofuscasse os demais personagens que eram mais importantes para a trama.

Outro fato curioso é que os fãs não gostam tanto de Jar Jar Binks por considerá-lo irritante e chato. Por outro lado, fica uma pergunta: será que ele teria se tornado mais querido caso tivesse sido interpretado pelo Rei do Pop?

publicidade
Jar Jar Binks em Star Wars (Reprodução)

Roteirista de Loki confirma novo filme de Star Wars

Michael Waldron, conhecido por ter escrito o roteiro da série Loki, revelou ao Deadline que já começou a trabalhar no roteiro do novo filme da saga Star Wars.

“Obviamente, estou meio ocupado, escrevendo este pequeno filme de Star Wars”, disse ele.

publicidade

No ano passado, ele disse à revista GQ que a saga também tem pontos em comum com o Universo Cinematográfico da Marvel.

“Acho que o sucesso do MCU é, por toda a incrível ficção científica e conceitos e todas essas coisas; em última análise, o sucesso é construído sobre os personagens, sua humanidade, seus conflitos muito relacionáveis, amizades e a família que é o MCU.”

“E eu acho que Star Wars, no seu melhor, é uma história sobre família. Han, Luke e Leia eram uma família; você adora vê-los juntos, e você odiava quando eles estavam separados. São ótimos personagens. Isso não é novidade. Eu não vou explodir a cabeça de ninguém com essa manchete – mas essa é a minha maior lição.” – falou.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›