Ex-agente culpa mau comportamento por queda na carreira de Johnny Depp

Segundo depoimento, astro estava sempre chegando atrasado e criando confusões nos sets

publicidade

Uma ex-agente de Johnny Depp disse que o ator foi quem destruiu a própria carreira e não Amber Heard como ele afirma.

O astro de Piratas do Caribe move contra a ex-esposa, um processo pedindo uma indenização de 50 milhões de dólares por difamação. Segundo o ator, ele passou a perder trabalhos depois que ela escreveu um artigo para o jornal The Washington Post dizendo que já havia estado em uma relação abusiva.

publicidade

Acontece que para Tracey Jacobs, que representou Depp desde o início de sua carreira até o ano de 2016, o declínio profissional dele aconteceu porque seu comportamento estranho tornou-se público, assim como seu vício em drogas.

“Ele se tornou a maior estrela do mundo [após o primeiro filme de Piratas do Caribe] , mas sua estrela diminuiu”

“Isso piorou com o tempo. Inicialmente, as equipes o amavam porque ele sempre foi ótimo com a equipe, mas as equipes não gostam de ficar horas e horas esperando a estrela do filme aparecer”, acrescentou.

“E também [o assunto das drogas] se espalhou pela cidade, quero dizer, as pessoas falam, é uma comunidade pequena, e isso deixou as pessoas relutantes em ter Johnny em seus projetos até o fim.”

publicidade
Johnny Depp em julgamento nos Estados Unidos
Johnny Depp em julgamento nos Estados Unidos (Reprodução)

Ela ainda disse que Depp estava sempre aparecendo atrasado nas gravações de praticamente todos os filmes que participava, levando inúmeras advertências por isso.

publicidade

A profissional contou que inúmeras vezes precisou sair dos Estados Unidos às pressas e voar para a Austrália durante as filmagens de Piratas do Caribe 5 para lidar com questões relacionadas ao comportamento de Depp. Inclusive foi nesse momento em que ele teve que se afastar dos sets por estar com o dedo cortado.

“Eu fui muito honesta com ele e disse: ‘Você tem que parar de fazer isso; está machucando você’. E doeu em mim”, completou ela durante o depoimento pré-gravado.

Os advogados de Depp não levaram a sério o depoimento de Tracey, e preferiram focar nos depoimentos de outras testemunhas com nomes fortes em Hollywood como Christian Carino, que já foi representante de Depp e Heard, e acredita que a reputação do ator continua intacta profissionalmente.

publicidade

Carino o chamou de “um dos melhores atores de sua geração”, mas disse que as acusações de Heard resultaram diretamente na perda de oportunidades profissionais.

“Minha opinião é que as acusações de Amber teriam o impacto mais dramático em sua reputação fora da tela. Não estou falando sobre nenhuma acusação específica”, disse ele alegando que Depp só não foi chamado para voltar a Piratas do Caribe 6 por causa de Heard, e que conversou com diversos colegas que trabalham na indústria do cinema, incluindo Jerry Bruckheimer, produtor da franquia.

No depoimento, ele afirma que Jerry nunca mencionou diretamente os problemas pessoais de Depp como motivo para ele não estar em novo Piratas, mas afirmou com todas as letras que o estúdio (Disney) estaria com dificuldade em empregá-lo novamente.

publicidade

“É algo dentro da indústria que é entendido”. Nesta semana, Bruckheimer disse ao The Times que Depp não estará em Piratas do Caribe 6, e que está negociando com Margot Robbie para assumir o filme.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›