Caso Amber Heard: Elon Musk é envolvido em doação de fortuna para atriz

Milionário teria pago metade do valor que ela prometeu que tiraria do seu bolso para instituição de caridade

publicidade

O bilionário Elon Musk, ex-namorado da atriz Amber Herd, custeou metade do valor doado que ela tinha prometido doar para uma ONG. Acontece que o dinheiro era fruto do divórcia dela, com Johnny Depp, e eles concordaram em juizo que a quantia seria doada.

O astro de Piratas de Caribe acusou a ex-mulher de não ter cumprido com o acordo que fizeram. Na época ela aceitou doar a fortuna para provar que não estava atrás do dinheiro dele. No julgamento, Depp então acusou Amber de não ter pago o valor combinado.

publicidade

Os rumores são que o valor pago até o momento veio de Elon Musk, dono da Tesla, que teria arcado com metade da doação para a American Civil Liberties Union (ACLU).

Os rumores são que Heard pagou 1,3 milhão dos 3,5 milhões de dólares que ela prometeu à ACLU há quase seis anos. O bilionário de 50 anos, doou US$ 500.000 ao grupo de direitos civis em nome de Heard depois que os dois começaram a namorar quando ela se divorciou do ator em 2016.

Atualmente Johnny Depp está processando a ex-companheira, estrela de Aquaman, por calúnia e difamação, após ela escrever um artigo no jornal Washington Post dizendo que foi vítima de relacionamento abusivo.

Amber Heard e Johnny Depp (à esquerda); Amber Heard e Elon Musk (à direita) (Montagem / Reprodução/ YouTube)

Conselheiro geral da ONG testemunhou e afirmou que Amber Heard não cumpriu o acordo

publicidade

Quando Johnny Depp e Amber Heard formalizaram o divórcio em 2016, a atriz prometeu que doaria os US$ 7 milhões que recebeu em seu acordo para duas organizações sendo metade do dinheiro para a ACLU, com forma de apoiar o combate à violência contra as mulheres, e os outros US$ 3,5 milhões para o Hospital Infantil de Los Angeles.

O diretor de operações e conselheiro geral da ACLU, Terence Dougherty, testemunhou no julgamento do ex-casal na última quinta-feira (28), e afirmou no tribunal que a doação prometida pelas organizações ainda não foi paga integralmente.

publicidade

Heard contribuiu com US$ 350.000 diretamente, enquanto US$ 100.000 foram pagos por Depp e outros US$ 350.000 vieram de um fundo da Fidelity, que, segundo Dougherty, “pode se tratar de um fundo criado por Elon Musk”, afirmando ainda que tem mensagens que comprovem sua suspeita.

Segundo o diretor, com base em e-mails com o empresário Musk, a ACLU entendeu que a doação de US$ 3,5 milhões de Heard seria feita em 10 anos  que se tratava de uma promessa, por isso a doação viria com o tempo. A atriz realizou a doação em dezembro de 2018 e desde então nenhum outro valor foi pago.

Mera (Amber Heard) e Orm (Patrick Wilson) em Aquaman (Montagem Reprodução)
Mera (Amber Heard) e Orm (Patrick Wilson) em Aquaman (Montagem Reprodução)

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›