Astro da Marvel, Benedict Cumberbatch quer abrigar refugiados ucranianos

publicidade

Em meio à guerra na Ucrânia, milhares de refugiados estão deixando o país e ator britânico Benedict Cumberbatch revelou que está disposto

No último domingo (13), o astro da Marvel Benedict Cumberbatch afirmou que está disposto a ajudar os refugiados ucranianos que chegarem ao Reino Unido.

publicidade

Durante a cerimônia do BAFTA, maior premiação do cinema britânico, Cumberbatch disse:

“É um momento realmente chocante estar a duas horas e meia de voo da Ucrânia, e é algo que paira sobre nós. Todo mundo precisa fazer o máximo que puder (para ajudar)… Há um número recorde de pessoas se voluntariando para levar as pessoas para suas casas, espero fazer parte disso”, disse Cumberbatch à Sky News.

Assim, o ator britânico inteirou dizendo que pretende ajudar os refugiados ucranianos através do programa Casas para a Ucrânia. Criado pelo governo inglês, a iniciativa permitirá cidadãos, empresas e instituições, dentro do Reino Unido, forneçam moradia aos cidadãos ucranianos.

Vale apontar que o projeto anunciado pelo Primeiro-ministro inglês, Boris Johnson, não requer laços de sangue entre os cidadãos ucranianos. Além disso, o programa ainda prevê uma ajuda de custo para os ingleses que se inscreverem na iniciativa.

Documentário da Netflix ajuda a explicar o conflito

publicidade
Winter On Fire Netflix
Winter On Fire: Ukraine’s Fight for Freedom (Divulgação / Netflix)

Embora a Rússia e a Ucrânia tenham entrado em guerra há poucas semanas, há tensão entre as nações não é nova e remonta à queda da União Soviética, quando os ucranianos conquistaram a sua independência.

publicidade

Nesse sentido, a Netflix possui uma produção que tenta ilustrar parte do conflito entre as duas nações. Assim, lançado em 2015, após a Rússia anexar a península ucraniana da Crimeia, Winter On Fire: Ukraine’s Fight for Freedom contextualiza parte dos crescentes conflitos entre os dois países.

Assim a produção é focada na série de manifestações que emergiram na Ucrânia entre 2013 e 2014. Chamadas de Euromaidan, a agitação culminou da deposição do então presidente Víktor Fédorovych.

Embora não explore a origem literal dos protestos, a produção retrata conflitos importantes que levaram a deterioração das relações entre os dois países. Em 2016, o documentário ganhou uma indicação ao Oscar, na categoria de Melhor Documentário.

publicidade

Mas, apesar de conquistar muitos críticos, Winter On Fire perdeu a disputa para Amy, uma das obras que retratou a vida da cantora inglesa Amy Winehouse.

Com quase duas horas de duração, Winter On Fire: Ukraine’s Fight for Freedom está disponível no catálogo da Netflix.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›