Steven Spielberg é ameaçado de morte e vai a justiça contra stalker

Steven Spielberg
Steven Spielberg (Divulgação)

O lendário cineasta Steven Spielberg obteve uma ordem de restrição contra uma mulher há algum tempo vinha ameaçando matá-lo, segundo o boletim de ocorrência.

O diretor de 73 anos argumentou em documentos obtidos pelo site TMZ que a polícia disse a ele ao prendê-la, que a mulher, identificada como Sarah Char, tentou comprar uma arma para matá-lo.

Spielberg alegou que a mulher o assedia há meses e que lhe enviou ameaças de morte, de acordo com o veículo.

Ele disse nos documentos que Char também tuitou para ele: “Se eu tiver que assassinar pessoalmente as pessoas por roubarem meus IPs, eu farei. Me pega?”

O magnata do cinema por trás de clássicos como Tubarão, Contatos Imediatos do Terceiro Grau e E.T. O Extra-Terrestre  obteve a ordem de restrição, que exige que Char fique pelo menos 91,4 metros de distância dele e de sua família.

Uma das coisas mais estranhas nesse história é que a mulher também está proibida de tentar se passar por Spielberg.

O documento também determina que Char não pode assediar, intimidar ou ameaçar Steven, não pode entrar em contato ou marcá-lo nas redes sociais, além de ser obrigada a ficar longe de sua casa e local de trabalho.

Desde que viu a ameaça, Spielberg disse que está com medo de que a stalker cumpra a palavra dela e está preocupado com seu bem-estar pessoal e também com sua família.

Embora o canal de comunicação não tenha divulgado a qual filha a ordem de restrição se aplica, Spielberg é pai de três meninas, Mikaela, Sasha e Destry, além de três filhos, Max, Theo e Sawyer.

Este não é a primeira vez que Spielberg tem um stalker. O diretor foi perseguido no final dos anos 1990 por um homem chamado Jonathan Norman, que acabou sendo condenado a 25 anos de prisão após tentar invadir a mansão do cineasta.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›