Patty Jenkins faz declaração impressionante sobre Zack Snyder em entrevista

Patty Jenkins: Reprodução

Durante entrevista que deu ao site Collider, a diretora Patty Jenkins fez questão de revelar que ainda não assistiu ao Zack Snyder’s Justice League, que é a versão original do diretor para o filme Liga da Justiça de 2017, mas que deseja ver o filme em breve.

Ela disse que ainda não conseguiu ter tempo para fazer isso por conta da sua agenda completamente cheia em função da divulgação de Mulher-Maravilha 1984.

“Estive tão ocupada que ainda não falei com Zack (Snyder) sobre isso. Sei que ele teria me enviado uma versão (preliminar) caso pedisse. Adoraria assistir. Na verdade, acho que vou fazer isso com a Gal (Gadot) em breve.”

É valido lembrar que o nome do famoso diretor aparece nos créditos do filme Mulher-Maravilha 1984, de Patty Jenkis, como produtor executivo ao lado de sua esposa, Deborah Snyder.

Zack Snyder já até confirmou que praticamente todas as cenas de Liga da Justiça já estão finalizadas, incluindo as adicionais que foram filmadas para sua versão.

A produção tem data de estreia prevista para o mês de março e será dividida em quatro partes na HBO Max, que, posteriormente, serão apresentadas como uma só.

Por falar em Liga da Justiça

Na semana passada o ator Ray Fisher, que interpreta o Cyborg, fez uma confusão envolvendo Walter Hamada, diretor da DC Films.

Como ele é um defensor ferrenho de Zack Snyder e da sua versão de Liga da Justiça, ele acabou fazendo declarações polêmicas de que o diretor Joss Whedon era abusivo com os atores em estúdio, o que gerou inúmeros desconfortos e até uma investigação interna dentro dos estúdios da Warner Bros.

Insatisfeito, porém com o andar das investigações, Ray Fisher acabou revelando que Walter Hamada havia entrado em contato com ele para falar sobre os ocorridos e tentou colocar panos quentes na situação toda.

Depois disso, Fisher acabou indo ao twitter e fez declarações contra Hamada, dizendo:

“Walter Hamada é o tipo de facilitador mais perigoso. Suas mentiras, e o fracasso de Relações Públicas da WB no artigo de 4 de setembro procuraram minar os problemas reais da investigação de Liga da Justiça. Não vou participar [mais] de nenhuma produção associada a ele.”

Um Psicólogo que estuda Medicina, ensina inglês, toca piano, ama escrever e tem um gato. =P


SIGA-NOS E VEJA MAIS