HBO perdeu mais de 50% de audiência com o fim de Game of Thrones

Daenerys ( Emilia Clarke) em Game of Thrones
Daenerys (Emilia Clarke) em Game of Thrones (Reprodução)

Game of Thrones foi indiscutivelmente uma das maiores séries do mundo. O programa foi muito amado pelos fãs e reafirmou a fama da HBO como realizadora de conteúdos de qualidade. Porém nem tudo são flores, e o canal perdeu muito de seu público depois do fim do programa.  

Segundo um relatório publicado na imprensa estadunidense pela revista Variety, a rede teria perdido 51% do seu público adulto (com idade entre 18 e 49 anos) em comparação com aquele que assistiu à oitava temporada de GoT. 

Em termos gerais, a emissora sofreu com uma queda de 38% de espectadores na terra do Tio Sam. Nem mesmo o burburinho em torno de Watchmen, série premiada que foi ao ar no ano passado, foi suficiente para estancar a queda. 

Nos Estados Unidos, diferente do Brasil, a audiência é medida em unidades de espectadores. Já no Brasil a amostragem se dá por pontos, que são convertidos numa média em números posteriormente. 

A título de comparação, o primeiro episódio de Game of Thrones exibido em 2011 teve 2,2 milhões de espectadores por lá, enquanto o último teve 13,6 milhões de espectadores reunidos em frente à TV. O canal viu a audiência subir gradativamente ano após ano no período de exibição da série. 

A aposta da HBO agora é no HBO Max, sua galinha dos ovos de ouro, sobretudo para conquistar o público mais jovem, que durante oito anos acompanhou a jornada de Daenerys e companhia. 

Fanatismo e audiência

Não se pode esquecer também o Fator fanatismo, já que as produções de cinema e séries têm um público tão apaixonado, que é capaz de fazer até ameaças quando algo não sai conforme seu agrado (experiência própria, e hate experimentado com sucesso).

Não é novidade que houve um descontentamento com o final da série. Em cada um dos episódios exibidos, crescia na internet a onda de críticas em torno dos nomes dos showrunners David Benioff e DB Weiss

Até um abaixo assinado foi criado para que a oitava temporada fosse refeita (ignorando o fato de cada episódio da temporada final custou 15 milhões de dólares). Não concordar com o final pode ter feito os espectadores a tomarem ‘ranço’ da HBO, fazendo com que não consumissem mais seus produtos. Uma pena!

Comunicólogo balzaquiano, paulistano, e com experiência vasta nesse mundo virtual. Adorador de séries, filmes, quadrinhos, e tudo o que envolve a cultura pop.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›