Evil – Contatos Sobrenaturais tem final chocante e protagonista faz promessa ao público

Mike Colter e Katja Herber em Evil (Reprodução)

Depois de uma season finale com momentos chocantes, Evil – Contatos Sobrenaturais encerrou a sua segunda temporada. Em entrevista para o site TV Line, a protagonista do show, Katja Herbers, juntamente com os showrunners Michelle King e Robert King, contaram um pouco sobre o que eles acharam do episódio final.

A série da Paramount+ sempre deixou a tensão entre David Acosta (Mike Colter) e Kristen Bouchard (Herbers).

Apesar da atração entre os dois, nada aconteceu devido a todas as circunstâncias: David estava em treinamento para se tornar um padre católico, e Kristen era uma mulher casada. Tudo muda, no entanto, após a finale da segunda temporada.

ATENÇÃO: SPOILERS para a season finale da segunda temporada de Evil – Contatos Sobrenaturais a partir daqui!

No episódio final, David foi finalmente ordenado padre. Kristen vem até ele sofrendo muito com um conflito interno, pedindo para se confessar.

O segredo que ela vem guardando a tanto tempo finalmente vem à tona: ela matou o serial killer Orson LeRoux, sem que fosse punida por isto. Orson fazia parte de uma investigação da qual a psicóloga participou.

Acosta absolve Bouchard, que cai chorando em seus braços. E assim, em um momento de vulnerabilidade, ambos se entregam a seus desejos e se beijam.

Cena de beijo entre David (Mike Colter) e Kristen (Katja Herbers) em Evil - Contatos Sobrenaturais (Reprodução)
Cena de beijo entre David (Mike Colter) e Kristen (Katja Herbers) em Evil – Contatos Sobrenaturais (Reprodução)

Michelle e Robert contam a respeito de suas perspectivas sobre este momento da personagem, e como, desta vez, ambos cederam aos instintos. Anteriormente, o casal já havia se controlado em um outro momento íntimo divido pelos dois. Michelle relaciona o sacramento de confissão e intimidade:

“Eu acho que parcialmente vem da intimidade que é criada com ela se confessando para ele e fala sobre, francamente, a maneira séria como o programa trata a religião: aquilo é um sacramento que seria o momento mais íntimo da série e que as personagens, especialmente Kristen, poderia confundir o alento que ela sente com o alívio de poder confessar seus pecado com amor e desejo sexual.”

Robert completa, dizendo que parte da culpa que Kristen carregava se devia ao fato de que ela não achava que deveria ter sido perdoada pelo que fez:

“Para Kristen, […] ela ficou em negação sobre aquilo, porque ela achava que tinha sido, primeiramente, perdoada pela polícia pelos motivos errados, privilégio branco. […] Ela precisa apenas ser perdoada por aquilo, para que ela não faça aquilo de novo”

Katja entra na conversa, contando sobre a perspectiva dela sobre a cena entre o casal, e o que ela acha que isso significa para a série em sua terceira temporada:

“Para mim, esta nem é a parte mais intimidante. A confissão e a culpa que vem do amigo ter passado a mão na cabeça dela, que foi o que eu ficava pensando. Eu achei que o beijo foi lindo. Eu não sei se isso vai continuar na terceira temporada, mas isso claramente não foi eles flertando nessa cena. Isso foi ela se mostrando de verdade como ela é e o que ela fez, e ele a aceitando assim. Eu acho isso lindo. Não iremos brincar com a química que eles tem. Nós estamos na verdade… é meio que amor a esse ponto.

A primeira e segunda temporadas de Evil – Contatos Sobrenaturais está disponível na Paramount+.

Veja mais ›