Disney+ planeja estratégia para derrubar a Netflix de vez

O mandaloriano e Baby Yoda em cena — Foto: Divulgação / Disney+
O mandaloriano e Baby Yoda em cena de The Mandalorian (Divulgação / Disney+)

A competição entre as plataformas de streaming no Brasil segue acirrada. (Isso por que a HBO Max nem chegou aqui ainda). A novidade do Disney+ agora é investir na produção de algo que brasileiros estão muito acostumados a consumirem: novelas.

Essa ideia já vinha sendo estudada e divulgada pela Netflix que ainda não conseguiu colocá-la em prática por questões de logística, mas a Disney quer superar a concorrente e trabalhar na produção de telenovelas de curta duração para o público infanto-juvenil.

De acordo com informações apuradas e divulgadas pelo site NaTelinha, a plataforma de streaming da Disney está avaliando projetos de novos autores, ainda sem muita experiência na área, com a intenção de realizar a produção entre este ano e o próximo.

Segundo o site, a Disney está disposta em investir em torno de 300 mil reais por capítulo e produzir tramas que durem em torno de 50 capítulos.

Há também a informação de que a Disney já estaria em processo de negociações com a TV Globo para expandir a parceria que já havia sido firmada desde a chegada da plataforma de streaming ao Brasil (as duas empresas oferecem seus serviços de streaming – Globoplay e Disney+ –  em forma de ‘casadinha’).

Agora, o objetivo é utilizar os Estúdios Globo, além da equipe técnica e os profissionais da casa, para a realização das gravações, o que já seria positivo para a Disney que não teria problemas com possíveis contratos com produtoras iniciantes ainda sem tanta experiência no ramo audiovisual.

Essa ideia pode ser bem interessante para as duas empresas, já que elas concorrem diretamente com a Netflix, que continua na liderança em relação a números de assinantes no Brasil (em torno de 18 milhões).

Os planos do Disney+ seriam, então, chegar aos 10 milhões de assinantes até o final do segundo ano de suas operações em território nacional; sendo assim, somar o gosto antigo dos brasileiros e a cultura já estabelecida de acompanhar novelas com o crescente interesse pelo streaming parece, realmente, a estratégia perfeita para alcançar o objetivo.

Um Psicólogo que estuda Medicina, ensina inglês, toca piano, ama escrever e tem um gato. =P


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›