Daniel Craig chorou ao ver 007: Sem Tempo Para Morrer

publicidade

Um dos editores de 007: Sem Tempo Para Morrer soltou uma fofoca quentíssima sobre o protagonista Daniel Craig: ele chorou ao ver o filme completo pela primeira vez.

Elliot Graham foi um dos responsáveis pela edição do filme que marca a despedida de Daniel da franquia do agente secreto, e revelou a história durante seu discurso durante o BAFTA Awards, segundo o Digital Spy.

publicidade

Elliot confessou que podia se meter em problemas por contar isso, mas que a reação do ator era natural, pois ele investiu quase vinte anos de sua carreira em atuação nos filmes da franquia:

“Sabe o que mais, eu vou te contar uma história que eu supostamente não poderia, mas ele assistiu a versão finalizada do filme sozinho. E a gente foi convidado para entrar alguns minutos depois dos produtores. E ele estava aos prantos. Porque aquilo eram mais de dezoito anos da vida dele. E aquilo significava demais para ele.”

No mesmo discurso, o editor também elogiou a postura de Daniel, que segundo ele foi de extremo respeito com toda a equipe. Ele também revelou que o ator oa ajudou com a edição do filme e que foi um momento muito legal do processo:

“Existem atores que são cineastas e entendem o processo. Ele é um desses. Ele absolutamente apoia os seus colaboradores, seus diretores, produtores e roteiristas. E ele gastou três dias na sala de edição com a gente e ele não poderia ter sido uma pessoa mais educada nesse tempo.”

Ator também chorou no encerramento das filmagens

publicidade
Daniel Craig como James Bond em 007 - Sem Tempo Para Morrer
Daniel Craig como James Bond em 007 – Sem Tempo Para Morrer (Divulgação/MGM)

Daniel parece se emocionar bastante com sua participação nos filmes de James Bond.

publicidade

Em entrevista para o podcast Awards Chatter, o ator confessou que ele estava presente na gravação da última cena para o filme, e que teve uma crise de choro por causa da emoção de ver tantas pessoas apoiando o seu trabalho:

“Últimos dias em um sets de filmagens são sempre uma coisa bastante anticlimática. Você diz: ‘tchau, até mais, adorei trabalhar com você, vejo você novamente em breve’. Mas em 007, eu fiz a última cena. Toda a equipe, todo o pessoal do escritório tinha ficado e eu não sabia que eles estavam lá. Então, de repente, havia duzentas ou trezentas pessoas ao meu redor. E foi muito difícil não se emocionar. Não era sobre o fato de que tinha acabado. Era sobre as pessoas que estavam ao meu redor, elas eram a razão pela qual eu ia trabalhar todos os dias.”

007: Sem Tempo Para Morrer está disponível para aluguel no YouTube por R$ 14,90 (até a data de publicação deste texto).

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›