Criador de Cobra Kai explica por que John Kreese é o vilão perfeito para a série

Cobra Kai (Divulgação / Netflix)
Cobra Kai (Divulgação / Netflix)

Quando Cobra Kai estreou, parecia que veríamos apenas o desenrolar da eterna rivalidade entre Johnny Lawrence (William Zabka) e Daniel LaRusso (Ralph Macchio).

Contudo, os problemas de Lawrence como LaRusso se tornaram pequenos quando John Kreese (Martin Kove), seu antigo sensei, retornou e tirou tudo o que ele mais amava.

Em uma entrevista para o site Comic Book, Josh Heald, um dos criadores de Cobra Kai, falou sobre o motivo de Kreese ser o vilão perfeito para a série.

“Sabíamos desde o começo que Kreese era o grande lobo mau da franquia. Nos anos 80, tinha Darth Vader e tinha o John Kreese em termos de vilões que nos aterrorizavam quando crianças. Então sabíamos que tinha um poder real no Kreese e isso contribuiu para termos esperado até o final da primeira temporada para trazer ele de volta”.

“Porque ele é uma figura que tira toda a vida de uma sala e puxa tanto o foco que você quer dar a ele seu momento de destaque e usar esse personagem por causa desse medo e mostrar isso através dos olhos do Johnny e estar com o Johnny nessa jornada. Então, primeiro, tínhamos que fazer o público estar com o Johnny”.

Ele acrescentou que a equipe desejou colocar o personagem na segunda temporada

“Depois, tínhamos que ter a experiência de ter um pouco de crescimento e então trazer ele de volta, essa figura temerosa. Quando o trouxemos de volta na Temporada 2, começamos a entrar no passado de John Kreese”.

“Não voltar muito, mas para os anos entre, os anos depois de Karatê Kid 3 e redimir ele um pouco de uma maneira que ele era um homem quebrado que se arrependia de sua vida e estava apenas tentando ajudar”.

“Mas quando fizemos o pulo de fazer o que fizemos no final da segunda temporada e ver Kreese, realmente tomando as rédeas do Cobra Kai e tomando ele do Johnny”.

“Foi preciso um pouco mais para continuar cavando e continuar a deixar o público disposto a, não necessariamente ficar do lado de Kreese, mas a entender qual seu lado é, ao invés de ter ele apenas como um vilão que chega e toma as coisas”.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações e filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›