Bruna Viola superou as expectativas como protagonista de Sistema Bruto

Diretor do filme revelou que a cantora teve um desempenho ainda melhor do que ele esperava

publicidade

Depois brilhar nos palcos, a cantora sertaneja Bruna Viola vai estrear nas telas, protagonizando a comédia de ação Sistema Bruto, onde ela dá vida a uma jovem aventureira, que adora uma boa festa sertaneja, e ao lado de sua melhor amiga vai encarar as pistas em uma corrida de caminhonete.

Diretor e roteirista do filme, Gui Pereira, não só escolheu a artista sertaneja como sua estrela, mas viu algo nela que o incentivou a produzir um filme que ela pudesse protagonizar e ele afirma que não se arrependeu nem por um segundo, pois Bruna foi ainda melhor do que ele esperava.

O cineasta contou em uma entrevista exclusiva com o E-Pipoca, que como já dirigiu cantores atuando antes, ele começou a produção esperando extrair um nível de atuação de Bruna e acabou sendo surpreendido quando ela ultrapassou suas expectativas.

“Na verdade, ela me surpreendeu. Eu sabia, por eu ter escrito para ela o projeto, que o personagem é muito parecido com a Bruna da vida real. Então eu já escrevi pensando nisso sabendo que ela não é atriz, ela é uma cantora”, ele contou, ele explicou.

publicidade

Ele acrescentou que sabia que ela, como uma artista da música que se apresenta na frente de milhares de pessoas constantemente, conseguia interpretar, mas pensou que ela teria seus limites.

“Ela sabe fazer uma performance no palco. A pessoa que ela é no palco, é diferente da que ela é na vida real, então, eu sabia quais seriam os limites dela e onde ela conseguia chegar. Só que aí ela acabou me surpreendendo muito nas cenas que exigiam realmente mais atuação”, ele afirmou.

Bruna Viola em cena de Sistema Bruto (Reprodução/Youtube)

O cineasta destacou o alto nível de profissionalismo e dedicação de Bruna, que fez tudo que estava a seu alcance para conseguir dar seu melhor desempenho em cada cena.

publicidade

“Pra mim foi super tranquilo. Ela também é super preocupada em querer fazer direito, em pegar dicas, em aprender e ler sobre a atuação, e em toda a pré-produção ela sempre mandava perguntas, tirava dúvidas”, ele contou.

Ele finalizou explicando que, como não é seu primeiro protagonista sem experiência em atuação, vindo dos palcos de festas sertanejas, ele aprendeu a extrair o lado ator que, na opinião dele, todo cantor tem.

publicidade

“Eu já tinha trabalhado em Coração de Cowboy com cantor, já que foi o Gabriel Sater que protagonizou o filme. Então eu acho que tem uma maneira diferente de trabalhar com eles, porque eles sabem atuar, eles só não sabem que eles sabem, mas quando eles estão no palco cantando, eles estão atuando também. É diferente a personalidade do palco, da personalidade pessoal. Então é só fazer com que eles percebam que está dentro deles”, ele afirmou.

Sistema Bruto ainda não tem uma data de estreia, mas está previsto para ser lançado até o fim do ano.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›