Por que Ben Affleck não quer mais ser protagonista?

publicidade

Ben Affleck contou em mais detalhes sobre por que está gostando de fazer mais papéis coadjuvantes neste momento de sua carreira.

O que acontece, de acordo com o que Affleck disse em uma entrevista para o THR, é que os papéis principais normalmente têm menos flexibilidade em termos de caracterização.

publicidade

O ator argumentou que, quando há muito dinheiro em jogo, os protagonistas precisam ser “identificáveis” pelo público. Ele ainda disse que personagens coadjuvantes não são colocados nas mesmas caixas e oferecem aos atores mais espaço para explorar complexidades e falhas.

“Quando você é o protagonista, você tem que fazer isso e não pode fazer aquilo e há uma certa virtuosidade essencial que precisa estar presente ou as pessoas pensam: ‘Bem, o público perderá a capacidade de se identificar com essa pessoa, e então perderemos $ 100 milhões’. Isso pode ser verdade no caso de $ 100 milhões, mas achei mais interessante e sempre fiz, na verdade, interpretar personagens ricos. A semelhança, para mim, é interpretar partes em filmes em que eu não sou o protagonista, seja Gênio Indomável, Shakespeare Apaixonado, O Último Duelo ou [The Tender Bar], onde posso ser alguém ao lado que pode ser mais complicado, imperfeito e interessante”.

Ben Affleck e Tye Sheridan em The Tender Bar (Reprodução)
Ben Affleck e Tye Sheridan em The Tender Bar (Reprodução)

Affleck, aparecerá no mais novo drama dirigido por George Clooney, The Tender Bar. Clooney também é muito conhecido em Hollywood, não só por sua atuação, mas também por seu trabalho como diretor e escritor vencedor do Oscar.

publicidade

Começando com filmes como Gênio Indomável (pelo qual ganhou o Oscar de Melhor Roteiro Original), Affleck estrelou um diversos filmes de sucesso, incluindo Argo, Atração Perigosa e Garota Exemplar, além interpretar o cavaleiro das trevas em Batman vs. Superman: A Origem da Justiça e Liga da Justiça de Zack Snyder.

Recentemente, no entanto, Affleck mudou ligeiramente de curso em sua carreira de ator, aparecendo em O Último Duelo em um papel coadjuvante ao lado de Adam Driver, Matt Damon e Jodie Comer.

publicidade

Embora o filme tenha sido uma decepção de bilheteria, arrecadando pouco mais de US $ 30 milhões com um orçamento de mais de US $ 100 milhões, teve um bom desempenho com os críticos, com muitos elogiando o desempenho único de Affleck.

Na mesma linha, Affleck interpretará o personagem coadjuvante Tio Charlie em The Tender Bar, uma figura paterna do protagonista J. R., interpretado por Tye Sheridan.

The Tender Bar ainda não foi lançado oficialmente, mas os críticos já estão compartilhado suas impressões, com Affleck frequentemente mencionado como uma das melhores partes do longa metragem.

publicidade

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›