Ator de Pantera Negra quase abandonou atuação

Daniel Kaluuya afirmou que tinha dificuldades para conseguir papeis em Hollywood.

publicidade

O ator Daniel Kaluuya, conhecido por interpretar o personagem W’Kabi no filme Pantera Negra, revelou que quase desistiu da atuação por ter dificuldades em conseguir papéis em Hollywood.

Ele bateu o papo com o diretor do filme Não! Não Olhe!, Jordan Peele, e revelou que chegou a abandonar o trabalho por um ano e meio enquanto esperava por algum papel que valesse a pena até que foi convidado a fazer Corra!, produção que foi divisor de águas em sua carreira.

publicidade

“Eu nunca te disse isso [falando para Jordan Peele], mas quando você entrou em contato comigo e tivemos aquela reunião no Skype [para Corra!], eu estava realmente desiludido com a atuação. Eu parei de atuar por um ano e meio”, afirmou ele, em entrevista divulgada pela revista Essence.

Daniel Kaluuya é W'Kabi em Pantera Negra (Divulgação)
Daniel Kaluuya é W’Kabi em Pantera Negra (Divulgação)

“Eu parei pois não achava que as coisas estavam funcionando. Eu não estava conseguindo papéis, por conta do racismo e todo esse tipo de coisa, então você estendeu a mão e eu vi que não estava louco.” – Completa o ator.

Kaluuya confirmou também que não estará em Pantera Negra – Wakanda Forever porque não teve tempo para se dedicar às filmagens do longa da Marvel, já que estava ocupado em Não! Não Olhe!.

Jordan Peele disse que Daniel Kaluuya é seu De Niro

publicidade

Em uma entrevista recente concedida para a revista Empire, Jordan compara a relação entre ele e Daniel com a de Scorsese e De Niro, que fizeram nove filmes juntos desde os anos 1970.

“É tão engraçado, mas no momento em que eu estava no meio de [filmar] Corra!, era isso que eu estava dizendo a ele. Eu falei [faz contato visual sério], ‘Você é meu De Niro, cara. Você é meu De Niro’. Eu disse, ‘Eu preciso que você esteja no futuro também, cara!’ Você poderia dizer o que tínhamos nele como artista desde o início. O primeiro grande filme em que ele foi protagonista, e minha estreia na direção, foi Corra!. E nos unimos porque passamos por isso juntos. No começo, parece que são duas pessoas que têm fé uma na outra, mas no final tudo funciona. Então eu mal podia esperar para aprofundar esse relacionamento e explorar um personagem completamente novo com Daniel.”

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›