4 razões para você dar uma chance para Draco Malfoy se redimir

Draco (Tom Felton) em Harry Potter (Reprodução)
Draco (Tom Felton) em Harry Potter (Reprodução)

Draco Malfoy é um dos vilões mais complexos de Harry Potter. O puro-sangue sonserino é uma pessoa terrível, mas até que em alguns momentos dá para ter pena dele, pois ele também foi mal compreendido.

Ele nunca conheceu de verdade os planos dos Comensais da Morte

Enquanto Malfoy participava das reuniões de Comensais da Morte conduzidas por Voldemort, ele na verdade nunca fez parte dos planos de nenhum deles.

Voldemort não era nenhum idiota e sabia que poderoso era uma coisa que Draco estava longe de ser.

Ele só permitia que o garoto estivesse lá como uma forma de chantagear Lucio para fazer o que ele queria ao colocar seu filho em perigo e provar sua lealdade.

Mesmo durante a Batalha de Hogwarts, Draco não fazia a menor ideia de que as coisas iriam se tornar uma guerra, já que ele estava na escola apenas como aluno, e não como parte do exército de Comensais da Morte.

Ele tinha a impressão errada dos Comensais da Morte

Não há dúvida de que Draco Malfoy se sentia orgulhoso de ser aceito junto aos temidos Comensais da Morte, o que ficou provado quando ele se gabou disso para seus amigos enquanto viajavam no Expresso de Hogwarts em Harry Potter e o Enigma do Príncipe.

No entanto, como ele era só um moleque sem muita inteligência disponível, isso foi devido a ele ter uma impressão errada sobre os Comensais da Morte o tempo todo.

Para ele, os Comensais da Morte eram apenas fanáticos puro-sangue, ao contrário dos assassinos que ele percebeu mais tarde que eram.

Elenco de Harry Potter (Divulgação)
Elenco de Harry Potter (Divulgação)

Ele realmente amava seu pai

Ao contrário da crença de muita gente, Lucio nunca foi um pai abusivo com Draco. Na verdade, ele era um bom pai e os dois se amavam de verdade.

Inclusive, boa parte da motivação de Draco para cumprir as ordens de Voldemort era seu medo de que o Lord das Trevas pudesse matar seu pai ou sua mãe.

Ele era nada mais que um produto do preconceito de seus pais

Considerando todas as coisas, a verdade é que tudo se resumia a buscar a fonte da educação de Draco.

É fácil ver que todas as palavras carregadas de ódio que ele proferiu vinha de coisas que ele aprendeu com os pais e o fizeram achar que ele soaria poderoso ou superior aos outros se ele se comportasse daquele jeito em Hogwarts.

Um Psicólogo que estuda Medicina, ensina inglês, toca piano, ama escrever e tem um gato. =P

Veja mais ›