007 – Sem Tempo Para Morrer consegue passar pela censura na China

Daniel Craig em 007
Daniel Craig em 007 (Reprodução)

A China é considerada o maior mercado de cinema do mundo, porém até os filmes chegarem lá, precisam passar por um longo processo e serem aprovados pelos censores do país.

Nesta sexta-feira (10), 007 – Sem Tempo Para Morrer passou pela censura chinesa e garantiu que vai conseguir estrear no país segundo a mídia local.

Nenhuma data foi definida ainda para o lançamento, porém é uma notícia para acalmar o coração dos cinéfilos chineses e também da MGM, já que o estúdio precisa de toda a bilheteria possível para obter lucro, já que irá estrear o longa num mundo ainda tomado pelo caos causado pela pandemia da Covid-19.

O último filme protagonizado por Daniel Craig no papel de James Bond teve um orçamento de 200 milhões de dólares. Na América do Norte, o filme estrearia inicialmente em 2 de abril, mas foi adiado para 8 de outubro.

Daniel Craig em 007 - Sem Tempo Para Morrer (Divulgação/MGM)
Daniel Craig em 007 – Sem Tempo Para Morrer (Divulgação/MGM)

Em outros mercados considerado importantes para a arrecadação de bilheteria como europeus e asiáticos, o filme deve chegar entre 29 de setembro e 01 de outubro.

Um lançamento simultâneo na China, no entanto, é inviável, já que todas essas datas caem bem em meio ao feriado patriótico do Dia Nacional da China a partir de 1º de outubro — um período de semanas de um rigoroso apagão protecionista em filmes estrangeiros que é usado para reforçar as vendas dos principais blockbusters chineses.

A China é um dos mercados estrangeiros mais importantes para a franquia Bond, e foi o território de maior bilheteria para seu último filme, 007 – Contra Spectre, além do Reino Unido.

Esse filme, também estrelado por Craig, fez US$ 881 milhões em todo o mundo, dos quais US$ 84 milhões vieram da China. A China foi o quarto maior território para 007 – Operação Skyfall, que arrecadou US$ 59 milhões por lá.

Veja mais ›