Virgin River é a série perfeita para 2020; descubra por que

Virgin River (Netflix)

Se existe uma série que pode nos tirar do buraco que foi – e continua sendo – 2020, ela é Virgin River. Tomadas as devidas proporções, a produção tem a medida certa de distração, romance e charme de cidade do interior para fazer qualquer um se sentir melhor.

Martin Henderson, uma das estrelas do seriado e intérprete do galã Jack Sheridan, parece concordar. O ator relembrou várias das suas atuações mais memoráveis, e acredita que Virgin River é um santo remédio.

“Existe algo realmente… qual é a palavra… reconfortante e acolhedor sobre a série. É altamente romântica, particularmente em uma era na qual tanto do que encontramos na tv, especialmente em canais à cabo e em streamings, a tendência de continuar forçando a barra em direção à algo mais sombrio, um material mais sinistro.”

É preciso concordar com Henderson que nos últimos anos boa parte das produções televisivas tem pendido para histórias complicadas e personagens que tendem a ser mais agressivos; assim como dificilmente vemos um relacionamento amoroso ou familiar muito saudável.

Talvez justamente por isso, e em um ano no qual enfrentamos dificuldades inimagináveis, conforto seja o que mais estamos procurando – e precisando.

“Quando li o roteiro, pensei que seria legal viver alguém que é simplesmente bom. As pessoas ainda querem algo bom. Sinto como se fosse uma honra trazer isso à casa das pessoas nesse momento.”, completou ele.

Grey’s Anatomy

Martin também comentou sobre seu passado na série médica mais famosa da atualidade, na qual viveu o Dr. Nathan Riggs e serviu como par romântico da protagonista Meredith (Ellen Pompeo), pouco depois da mesma ter dado adeus ao seu McDreamy (Patrick Dempsey).

“Eu tinha noção de que era um vazio enorme para preencher. Estava em paz com o fato de que não estava lá para ser o Derek. Servi a Meredith em um período de transição na vida dela, não iria substituir ninguém”.

 

Museóloga e Marketeira de formação. Assistia filmes ao invés de brincar na rua. Adora ir ao cinema sozinha. Uma vida consumindo cultura pop.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›