The Boys pode transformar personagem humano em herói na próxima temporada

The Boys: Divulgação

A terceira temporada de The Boys ainda nem começou a ser gravada, mas existe especulação que ela possa transformar um personagem humano em super-herói.

A série da Amazon Prime Video mudou muitos enredos que aparecem nos quadrinhos que são seu material de origem.  O principal deles se deve a ação do Composto V.

Enquanto na série, ele acabou sendo desenvolvido apenas para ser usado em crianças, tendo efeito desconhecido e inconstante em humanos adultos, e até mesmo sendo usado como uma espécie de anabolizante para melhorar o desempenho, como Trem Bala fez, nos quadrinhos ele é bem diferente.

Por lá, o Composto V é caríssimo, e custa cerca de 19 bilhões de dólares, a injeção com uma única dose, esta, já capaz de transformar um cidadão comum em alguém super.

Nos quadrinhos, Billy Bruto acaba conseguindo um Composto V de alta qualidade e aplicando em Hughie. O protagonista tem um verdadeiro ataque de pelanca, porque não faz ideia do que é aquilo que o amigo injetou nele.

Acreditando ser outro tipo de droga, ele chega a agradecer Bruto por ter conseguido ganhar uma luta algumas histórias depois, sem ter ideia do que está acontecendo no seu corpo.

Mas como a série poderia adaptar isso? Tomando como base os rumos do enredo da segunda temporada, em que Bruto se colocou na mira de Capitão Pátria e outros heróis pertencentes aos Sete, o rosto de toda a equipe agora é conhecido da Vought.

As únicas ajudas que os garotos podem contar se tratando de poderes é da Luz Estrela e Kimiko, o que faz com que eles estejam mais ou menos enrolados, e que sem isso perderiam rapidamente qualquer batalha física.

Como Tempesta estava a frente de um laboratório para criar uma versão segura do Composto V, ela certamente sabe que os experimentos em cobaias humanas (como Linguiça do Amor) deu certo.

Comunicólogo balzaquiano, paulistano, e com experiência vasta nesse mundo virtual. Adorador de séries, filmes, quadrinhos, e tudo o que envolve a cultura pop.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›