The Big Bang Theory: Por pouco não veríamos Jim Parsons como Sheldon Cooper; entenda

The Big Bang Theory: Reprodução

É quase impossível imaginar The Big Bang Theory sem Jim Parsons, uma vez que o ator ganhador do prêmio Emmy é o encaixe perfeito para o papel de Sheldon Cooper.

Jim Parsons conseguiu imprimir sem muito esforço tanto o brilhantismo do físico quanto sua luta para compreender as normas sociais e se encaixar nelas.

Entretanto, ele não era a primeira opção para o criador da série e poderia não ter sido o ator escolhido para o personagem. Acompanhe o texto que você entenderá tudo que aconteceu.

Acontece que antes de estar em The Big Bang Theory, Parsons fez uma audição para um dos papeis principais da série The Office, que contava com cinco protagonistas: Michael, Jim, Pam, Dwight e Ryan.

O ator tentou conseguir o papel de Dwight, mas não foi escolhido para tal. Ele chegou até a revelar que foi à audição acreditando que a versão estadunidense de The Office nunca estaria à altura da sua original britânica protagonizada por Ricky Gervais.

“Nunca esquecerei que fui fazer o teste para o piloto da versão americana de The Office”, revelou Parsons em uma entrevista.

“Isso foi anos atrás, obviamente. E eu pensei, ‘Que estúpido? Isso é um escritório. Se a América quisesse seu próprio programa de escritório, eles já teriam feito isso.”

Na verdade, ele estava completamente equivocado em relação a The Office, mas isso, na verdade, não foi tão ruim assim, afinal, se ele tivesse conseguido o papel, não teria sido o memorável Sheldon Cooper que todos os fãs de The Big Bang Theory amam, e é até impossível imaginar outra pessoa como o personagem nerd.

Entretanto, logo no começo de tudo em The Big Bang Theory, o seu criador Chuck Lorre tinha em mente outro ator completamente diferente para o papel: o eventual coprotagonista de Parsons, Johnny Galecki.

O que aconteceu foi que Galecki acabou preferindo interpretar Leonard, já que, segundo ele, parecia mais provável que o personagem pudesse ter uma vida romântica.

“Foi um pedido muito egoísta da minha parte”, disse ele sobre a escolha de Leonard no lugar de Sheldon em uma entrevista de 2015 à Variety.

“Eu ainda não tinha tido a oportunidade de passar por essas histórias do coração. Muitas vezes fui escalado como o melhor amigo ou assistente gay de qualquer personagem que explora esses relacionamentos. Eu disse que preferia interpretar esse cara, que parece ter um futuro de triunfos românticos e dificuldades.”

A decisão de Galecki de interpretar a Leonard levou ao início dos testes para Sheldon, e foi quando Parsons chegou e catigou a Lorre e ficou com o papel.

Um Psicólogo que estuda Medicina, ensina inglês, toca piano, ama escrever e tem um gato. =P


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›