Atriz que teve cena cortada no filme Jojo Rabbit agradece e dispara: “cena desnecessária”

Rachel House (Divulgação)
Rachel House (Divulgação)

Taika Waititi não só participa dos filmes que dirige como também traz diversos colegas para fazerem participação especiais. Em Jojo Rabbit não foi diferente.

Em uma entrevista para o Collider (via Rolling Stone), Rachel House contou que fez uma participação especial em uma das cenas finais de Jojo Rabbit.

House já apareceu em Thor: Ragnarok e Fuga Para a Liberdade.

Eu tenho que dizer, estou muito aliviada que [a cena] foi cortada“, disse a atriz sobre a cena que gravou. Jojo Rabbit segue a história de um garoto fã de Hitler, que começa a questionar seu nacionalismo ao descobrir que a mãe esconde um garota judia em casa.

A cena de Rachel House acontece logo depois que Jojo (Roman Griffin Davis) descobre que os alemães perderam a guerra contra os americanos e ela faz um discurso. Contudo esse discurso soou extremamente preconceituoso.

A atriz relatou: “Eu era uma soldada norte-americana e apareci no final para fazer esse tipo de discurso justamente dizendo como a América salvou o dia. Mas então esse discurso se transforma em preconceito total e racismo contra o povo alemão. Então era uma espécie de tentativa de ser irônica; ‘Yay! Nós salvamos o dia! E agora nós vamos voltar a ser cruéis com essas outras pessoas, assim como elas fizeram’. Foi muito inteligente, mas completamente desnecessário”.

Recepção da crítica

No IMDb, Jojo Rabbit conseguiu a nota 7,9 / 10. Já no Rotten Tomatoes alcançou 80% de aprovação da crítica e 94% de aprovação do público. Leia abaixo alguns comentários:

“Jojo Rabbit combina Quentin Tarantino e Wes Anderson da pior maneira possível” – A.S. Hamrah, The Baffler.

“Comovente e hilário com uma pitada de elementos de terror, Jojo Rabbit é facilmente um dos melhores filmes do ano” – Matthew St. Clair, Cinema Sentries.

“Jojo Rabbit sabe quando tem que se emocionar, e isso é muito melhor do que sua comédia” – Jesus Agudo, eCartelera.

“Vale a pena ver, no entanto, especialmente para Sam Rockwell, que adiciona à sua galeria de ótimas performances coadjuvantes uma virada como um capitão do exército do eixo desiludido que quase rouba o filme inteiro…” – Dennis Harvey, 48 Hills.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações e filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›