Patty Jenkins revela se Star Wars: Rogue Squadron será baseado nos jogos homônimos

Star Wars: Rogue Squadron (Divulgação / LucasFilm)
Star Wars: Rogue Squadron (Divulgação / LucasFilm)

Na última semana a LucasFilm e a Disney divulgaram diversas novidades sobre as produções de Star Wars, entre elas o filme Star Wars: Rogue Squadron.

O longa metragem conta com a direção de Patty Jenkins, conhecida por dirigir Mulher-Maravilha 1984.

Em uma entrevista para a IGN (via Comic Book), a diretora falou que seu filme não recontará as histórias dos videogames e dos livros que levam o mesmo nome.

“[No filme Star Wars: Rogue Squadron] estamos fazendo algo original com grande influência dos jogos e dos livros”, disse Jenkins.

“Há muitas coisas sendo reconhecidas e entendidas sobre a grandeza de todas essas coisas, mas sim, é uma história original e estou tão empolgado para fazê-lo”, concluiu.

A série de jogos Rogue Squadron era uma série de títulos disponíveis para PC e consoles Nintendo, desenvolvidos pela LucasArts e Factor 5.

A série de combate espacial arcade começou com os jogadores assumindo o controle do esquadrão de voo titular da Aliança Rebelde sob o comando de Luke Skywalker durante os eventos da trilogia original.

O primeiro lançamento do Rogue Squadron para PCs e o Nintendo 64 foi em 1998. Rogue Squadron II: Rogue Leader veio em 2001 como um título de lançamento do Nintendo GameCube. Rogue Squadron III: Rebel Strike em 2003 adicionou combate terrestre, multiplayer e progresso não linear da história.

Rogue Squadron também foi tema de uma série de romances e uma série de quadrinhos, ambos intitulados Star Wars: X-wing e escritos por Michael Stackpole.

Ao contrário dos jogos, essas histórias aconteceram após a trilogia original Star Wars. Eles seguiram um novo esquadrão de pilotos sob o comando de Wedge Antilles depois que Luke deixou o grupo para se concentrar na reconstrução da Ordem Jedi. Houve dez entradas na série de romances e 35 edições da série Dark Horse Comics.

Todas essas histórias fazem parte do Universo Expandido de Guerra nas Estrelas, ou seja, não são canônicos. Isso deixar Patty Jenkins livre para fazer o que quiser e até mesmo criar algo que seja considerado canônico.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações e filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS