Número impressionante em petição trará Johnny Depp de volta a Piratas do Caribe?

Jack Sparrow (Johnny Depp) em Piratas do Caribe
Jack Sparrow (Johnny Depp) em Piratas do Caribe (Reprodução)

Johnny Depp é um tipo de artista da indústria que possui um lugar cativo no coração dos seus fãs. Mesmo com todas as polêmicas envolvendo seu nome nos últimos tempos – que inclusive lhe custaram grandes papeis em franquias de peso (e milhões de dólares) –, os seus fãs continuam do seu lado e tomam suas dores.

Agora, depois de ter sido demitido da franquia Piratas do Caribe e não poder mais retornar no papel do capitão Jack Sparrow, o ator está recebendo o apoio de sua grandiosa base de fãs ao redor do mundo.

Vale lembrar, para quem não acompanhou, que Depp perdeu um processo que moveu contra o jornal britânico The Sun, que o acusou de ser um “espancador de mulheres”, depois das queixas e dos processos movidos contra ele pela sua ex-esposa e também atriz, Amber Heard (intérprete de Mera em Aquaman).

A petição do público para que a Disney recontrate Johnny foi lançada no site Change.org e alcançou uma marca gigantesca de assinaturas, já estando prestes a chegar ao número de 500 mil.

Com isso, os fãs esperam ver de novo o protagonista no sexto filme da franquia que a Disney já confirmou que será lançado.

Entretanto, existem muitos entraves no meio esse caminho e a batalha ainda é bastante árdua considerando que as brigas judiciais entre Depp e Amber Heard ainda estão muito longe de serem finalizadas.

Ainda existe um processo por difamação sendo analisado e correndo em justiça, o que significa que a imagem do ator pode ser ainda mais prejudicada caso Heard saia vencedora mais uma vez dos tribunais.

Por esse motivo, é bem provável que a Disney não queira associar seu nome ao do ator (que já lhe rendeu milhões de dólares, inclusive), mesmo com todo o apelo de meio milhão de fãs ao redor do mundo que lhe dão suporte.

Um Psicólogo que estuda Medicina, ensina inglês, toca piano, ama escrever e tem um gato. =P


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›