Naomi Scott será estrela de nova série da Netflix; conheça a história de Anatomy of a Scandal

Naomi Scott como Jasmine em Aladdin
Naomi Scott como Jasmine em Aladdin (Reprodução)

Naomi Scott agora vai aparecer na Netflix. A atriz vai estrelar a série de antologia Anatomy of a Scandal, ainda sem título em português.

A série é baseada no romance de mesmo nome escrito por Sarah Vaughan, e fala sobre o privilégio sexual masculino, se passando em Londres.

Naomi, que é conhecida por ter vivido a princesa Jasmine em Aladdin (2019), e Kimberly no reboot de Power Rangers (2017) interpretará Olivia Lytton.

A personagem é uma pesquisadora parlamentar, que enfrenta um poderoso adversário nos tribunais. Além dela participam da série, Michelle Dockery, Sienna Miller e Ruper Friend.

A série será escrita pelos mesmos responsáveis por The Americans, e seu showrunner será David E. Kelley, o mesmo de Big Little Lies. A intenção da Netflix é que a história aconteça no formato de antologia, possibilitando que um novo enredo seja inserido a cada temporada, assim como a troca dos personagens.

A história do livro se concentra em duas mulheres que têm pontos de vistas diferentes sobre uma mesma situação em torno de um homem: James.

À primeira vista, ele é o homem perfeito. Uma figura pública bem sucedida, e carismática. Sua imagem é de pai amoroso, e de marido perfeito para Sophie desde que eles eram amantes na faculdade antes de se casarem, até que um dia ele é acusado de um crime terrível.

A esposa se coloca do lado dele, acreditando que ele seja inocente, mas o mesmo não acontece em relação a Kate, a advogada contratada para julgar o caso.

Ela acredita que James é o culpado e está disposta a arriscar sua carreira para fazer com que ele pague por seus crimes. Mas encontra a mais forte oposição em Sophie, desesperada para fazer de tudo para proteger sua família de comercial de margarina.

Comunicólogo balzaquiano, paulistano, e com experiência vasta nesse mundo virtual. Adorador de séries, filmes, quadrinhos, e tudo o que envolve a cultura pop.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›