Loki: nova série do Disney+ traz a solução para um dos mistérios mais loucos da pirataria aérea?

Semanas atrás a Marvel lançou a primeira prévia de Loki, a série solo baseada no famoso personagem que estreará em maio de 2021 no Disney+.

O trailer confirmou o destino do personagem interpretado por Tom Hiddleston após os eventos de Vingadores: Ultimato.

Foi previamente confirmado que a produção irá introduzir também o conceito de realidades alternativas e poderia ajudar a resolver um famoso enigma da vida real.

Um pouco de História…

 Trata-se de um fato real ocorrido em 1971, o único caso de pirataria aérea na história dos Estados Unidos que permaneceu sem solução, quando um homem chamado Dan Cooper embarcou no voo 305 da Northwest Orient Airlines de Portland para Seattle. No meio do voo, o homem diz a um comissário que tem uma bomba em sua pasta e sequestra o avião.

Em troca de devolver a segurança dos passageiros e da tripulação, ele exige 200.000 dólares e alguns paraquedas. As autoridades aceitam as condições de Cooper e o avião pousa em Seattle, onde os passageiros conseguem desembarcar.

No entanto, o homem força o avião a decolar novamente, com destino à Cidade do México. Ele forçou a tripulação restante a bordo a subir na cabine e então saltou do avião.

Cooper nunca foi encontrado novamente. Nenhuma das cinco aeronaves que escoltavam o avião viu Cooper saltar para fora. A grande pergunta que todos se fazem até agora é como ele conseguiu escapar sem ser detectado.

O FBI até tentou rastrear o dinheiro, mas não teve sorte e decidiu encerrar o caso em 2016.

Mas o que tem a ver esse caso com a série Loki?

No filme Vingadores: Ultimato, os Vingadores viajam no tempo para tentar recuperar todas as Pedras do Infinito antes de Thanos. Em uma das linhas do tempo, Loki consegue ficar com o Tesserato e escapa sem deixar rastros.

Em um dos momentos do trailer da série, o personagem pode ser visto dentro de um avião vazio com um sorriso no rosto, numa provável inspiração da vida real para a ficção.

O mesmo cabelo, o terno preto característico e o mesmo prendedor de gravata que Cooper usava, uma das poucas evidências que o FBI tinha como prova do misterioso sequestrador.

Outra cena mostra silhuetas através das janelas do avião segurando uma bolsa e rodeadas por carros da polícia. Então o próprio Loki é visto voando para fora do avião quando é interceptado por um facho de luz, que parece ser o Bifrost que o leva para outro mundo.

Esta pode ser a resposta da Marvel ao misterioso caso de Cooper, que nunca foi detectado quando ele escapou do avião, ou seja, de acordo com a Marvel, a resposta para esse fato seria o próprio Deus do Engano.

Um Psicólogo que estuda Medicina, ensina inglês, toca piano, ama escrever e tem um gato. =P


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›