Kate Winslet consegue feito surpreendente nas gravações de Avatar 2

Kate Winslet nos bastidores de Avatar 2 (Divulgação)
Kate Winslet nos bastidores de Avatar 2 (Divulgação)

As gravações de Avatar 2 estão a todo vapor. Pelo material divulgado o filme terá bastante cenas embaixo d’água e ainda contará com participação da estrela Kate Winslet. A atriz é um velha conhecida de James Cameron, o diretor do filme, pois ela já atuou em outro grande sucesso de Cameron, o filme Titanic.

De acordo como site ET Online, nas gravações de suas cenas submersas em Avatar 2 Kate Winslet quebrou um recorde que até então era de Tom Cruise. O site relatou que Winslet permaneceu cerca de sete minutos sem respirar embaixo d’agua, enquanto em Missão Impossível – Nação secreta, Cruise ficou apenas seis minutos.

A atriz se mostrou orgulhosa pelo feito. Winslet disse: “Foi brilhante, estou muito orgulhosa de mim mesma, e eu provavelmente nunca mais vou conseguir fazer isso. Aconteceu depois de quatro semanas de treinamento intenso e foi no tanque de mergulho, de treinamento. Mas eu amei”.

A experiência

Em outubro, Kate Winslet deu uma entrevista para a Collider onde falou sobre gravar cenas embaixo d’água em Avatar 2.

“Eu estava andando no fundo do tanque. Essa é uma grande sequência cerimonial com aquelas asas enormes e pesadas. Isso foi bastante assustador. O fato é que, quando você consegue prender a respiração por sete minutos, você perde o medo. Na verdade, estranhamente, fui capaz de confiar em minha própria capacidade de prender a respiração por tanto tempo. De alguma forma, eu não estava com medo, absolutamente”, contou a atriz.

Ela continuou: “Há tanta segurança debaixo d’água. Existem dois mergulhadores de segurança em cada artista. Existem dois mergulhadores de segurança em cada câmera subaquática. Havia tantas pessoas naquele tanque. Provavelmente me senti mais segura lá do que em terra firme. Achei a coisa toda incrivelmente calmante. Havia algo muito meditativo para mim, e eu não medito. Eu não consigo desligar meu cérebro. Estou muito ocupada. Eu amo fazer ioga, mas só consigo fazer por cerca de 25 minutos, e então estou fazendo listas. Eu fico entediada e tenho que parar. Mas, de alguma forma, aprender a prender a respiração foi uma das coisas mais calmantes que já fiz, porque você tem que desacelerar seu corpo. Na verdade, você precisa diminuir a frequência cardíaca para poder oxigenar o corpo e, em seguida, prender a respiração por tanto tempo. Então, eu não tive escolha a não ser parar de me mover, o que não é normal para mim”.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações e filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›