George Clooney desaprova gritaria de Tom Cruise; veja o que ele disse

George Clooney não acha que Tom Cruise errou em ter gritado com sua equipe de filmagem. O astro de Hollywood deu uma entrevista e nela comentou a atitude do protagonista de Missão Impossível 7, dizendo que no mesmo lugar, teria feito as coisas um pouco diferentes.

Clooney foi entrevistado pelo programa de Howard Stern e foi questionado sobre a situação, acrescentando que não acha que Tom agiu de forma inadequada.

“Ele não reagiu de forma exagerada porque isso é realmente um problema. Tenho um amigo que é assistente de direção em outro programa de TV, e que passou por quase a mesma coisa, mas claro, sem um burburinho tão grande”, disse Clooney.

Cruise, de 58 anos teve um áudio divulgado na última quarta-feira (16) em que aparece gritando com sua equipe de filmagem de Missão Impossível 7, porque alguns membros não estavam respeitando o distanciamento social exigido para esse tipo de filmagem acontecer.

Segundo ele, a equipe do filme é o padrão ouro no que diz respeito a cinema, e a abertura do mercado só foi possível porque eles estão filmando com segurança, e deveriam dar o exemplo.

George disse que se encontrasse o mesmo problema durante as filmagens, agiria de outra forma: “Eu teria tornado isso algo tão grande, sei lá, ameaçado pessoas. Você está em uma posição de poder e é complicado, certo? Você tem responsabilidade por todos os outros e ele está absolutamente certo sobre isso”, disparou.

“E você sabe, se a produção for cancelada, muitas pessoas perderão seus empregos. As pessoas precisam entender isso e ser responsáveis. Não é o meu estilo (gritar), levar todo mundo para fazer as coisas certas dessa maneira”.

George acrescentou que acredita que Tom está certo em tentar manter a rigidez com os protocolos de segurança. “Eu entendo porque ele fez isso. Ele não está errado sobre isso. Sabe, só não sei se teria feito isso pessoalmente, mas não conheço todas as circunstâncias, então talvez ele já tivesse falado para a equipe 10 ou 15 vezes antes”. A filmagem de Missão Impossível 7 passou por várias paralisações, a primeira na Itália em fevereiro, quando surgiu a primeira leva de Covid no país, depois em Roma em Outubro, e depois em novembro quando uma pessoa testou positivo para a doença.

Comunicólogo balzaquiano, paulistano, e com experiência vasta nesse mundo virtual. Adorador de séries, filmes, quadrinhos, e tudo o que envolve a cultura pop.

Paulo Afonso

Comunicólogo balzaquiano, paulistano, e com experiência vasta nesse mundo virtual. Adorador de séries, filmes, quadrinhos, e tudo o que envolve a cultura pop.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›