Executivo do IMAX lamenta mudança no lançamento de Top Gun: Maverick

Top Gun: Maverick (Divulgação)
Top Gun: Maverick (Divulgação)

Top Gun: Maverick foi originalmente programado para dezembro de 2020, depois mudou para 19 de novembro deste ano e foi recentemente mudado para 27 de maio de 2022.

Rich Gelfond, executivo do IMAX, disse que adoraria que a Paramount repensasse sobre a mudança da data de estreia de Top Gun: Maverick. Segundo o Deadline, Gelfond disse o seguinte e uma entrevista coletiva:

“Passei muito tempo perto de muitos tomadores de decisão na Paramount e … em Top Gun eles acham que têm algo muito especial. Tom Cruise esperou mais de 35 anos para fazer aquele filme. Acho que eles sentem isso por essa franquia, e com esse tipo de qualidade, eles querem ter certeza de que a bilheteria é 100%”.

“Na verdade, é tão bom que tentei exortá-los [a manter a data] porque acho que quaisquer que sejam as condições, as pessoas se aglomerariam para ver. Mas acho que eles querem apenas condições perfeitas em torno disso”.

Outro grande sucesso da Paramount com Tom Cruise, Missão: Impossível 7, também mudou sua data de lançamento, agora marcada para 30 de setembro de 2022.

Gelfond foi um dos muitos que insistiu que as perspectivas para os cinemas parecem melhores a cada dia.

Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis foi uma das maiores estreias exclusivas no cinemas na última semana, fazendo com que a Sony adiantasse a estreia de Venom: Tempo de Carnificina para o inicio de outubro e a MGM mante-se a data de lançamento de 007 – Sem Tempo para Morrer para 8 de outubro.

Durante uma sessão de perguntas e respostas virtual no Bank of American Merrill Lynch Media, Communications & Entertainment, Gelfond disse:

“Portanto, entre a combinação dessas coisas, o fato de Top Gun ter mudado, estou pessoalmente desapontado, mas não será muito negativo para nós e um tremendo positivo em 2022″.

Ele ainda disse que os dados são claros de que não faz sentido colocar filmes de grande sucesso no mesmo dia e na data dos serviços de streaming.

Gelfond também mostrou preocupação com Duna, que foi ovacionado durante a pré-estreia em Veneza. O filme será lançado simultaneamente nos cinemas e na HBO Max.

“É realmente uma pena … Se alguma vez houve um filme que deveria estar nos cinemas. Eu entendo, a WarnerMedia se comprometeu com essa estratégia e sentiu que era tarde demais para mudar”.

Questionado sobre a chance de futuras paralisações, ele disse:

“Espero que não seja uma ilusão, mas acho que estamos em uma fase diferente da pandemia mundial. Acho que o bloqueio e a regulamentação governamental serão diferentes (…) mas a sociedade se adaptou. Não se trata de bloqueios, mas de como fazer as pessoas se sentirem seguras. Não acho que haja um risco de paralisação significativa do teatro no futuro”.

Veja mais ›