Estreia de Morbius é adiada para evitar concorrência com outro filme

Morbius (Divulgação / Sony)
Morbius (Divulgação / Sony)

Morbius é um dos filmes mais aguardados da Sony. O longa metragem estrelado por Jared Leto estava programado para estrear este ano, mas a data foi mudada para 2022.

Com a pandemia ainda assolando o mundo, os estúdios de cinema estão novamente mudando suas datas de lançamento de seus filmes.

As mudanças incluem novas datas para 007 – Sem Tempo Para Morrer, Viúva Negra, Velozes e Furiosos 9, Cinderella, Pedro Coelho 2, Venom: Tempo de Carnificina e Os Caça-Fantasmas: Mais Além.

A MGM decidiu mudar a estreia de Sem Tempo para Morrer de 2 de abril para o dia 8 outubro, mesma data que a Sony planejava lançar Morbius.

Para não arriscar com a concorrência, a Sony decidiu mudar Morbius para o dia 21 de janeiro de 2022.

Os enredos de cada filme

Morbius é baseado em um anti-herói dos quadrinhos do Homem-Aranha. Onde um brilhante cientista que tenta encontrar a cura para sua doença acaba se transformando em um tipo de vampiro.

007 – Sem Tempo para Morrer é o 25º filme de James Bond. Na trama vemos o famoso agente secreto deixar sua aposentadoria para salvar um amigo, e também o mundo, das garras de um vilão que está em posse de uma perigosa tecnologia.

Comentários

Segundo o site CB, o chefe da Sony Pictures, Tony Vinciquerra, deixou claro que o estúdio não lançará seus filmes de grande orçamento com potencial de blockbuster até que os cinemas estejam “operando com capacidade significativa”.

“O que não faremos é cometer o erro de lançar no mercado um filme muito caro de US$ 200 milhões, a menos que tenhamos certeza de que os cinemas estão abertos e operando com capacidade significativa”.

“Você verá muitas coisas estranhas acontecerem nos próximos seis meses sobre como os filmes são lançados, como são programados, como são comercializados, mas quando voltarmos ao normal, teremos aprendido muito, eu pensar e encontrar maneiras de fazer as coisas que são um pouco diferentes e, com sorte, melhores”.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›