Diretor de Transformers impõe uma única condição para fazer filme na Marvel

publicidade

Considerado por ele mesmo como o rei das explosões no cinema, Michael Bay falou que não é contra fazer um filme da Marvel, mas só toparia com uma condição.

De acordo com o diretor em entrevista ao site Comic Book, ele gostaria de ter a oportunidade de criar seu próprio universo, e não apenas dirigir sequências.

publicidade

“Não é que eu não interesse na Marvel. Como Ridley Scott diz, a coisa mais complicada para um diretor e a coisa mais divertida é construir o mundo. Eu não sou o cara para entrar em Star Wars e fazer Star Wars 5. Não sou eu” disparou.

“Eu não sou o cara para fazer Homem de Ferro 7. Eu não sou o cara para fazer Batman 10. Eu quero fazer minhas próprias coisas. Eu adoraria fazer um filme de super-herói, mas eu quero fazer meus próprios termos e criar meu próprio mundo.”

Michael Bay é a mente por trás dos filmes Bad Boys, e da franquia Transformers. Seu novo filme, Ambulância: Um dia de Crime conta com Jake Gyllenhaal como protagonista e já está em cartaz nos cinemas.

publicidade

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Orgulho de fazer sem efeito de computador

O cineasta ao começar a divulgar seu novo filme se orgulhou de dizer que ele seria feito sem excesso de efeitos computadorizados. Ele explicou numa entrevista todas as acrobacias colocadas em Ambulância: Um dia de Crime seriam feitas como no passado.

publicidade

“Todas aquelas explosões e carros capotando, isso é tudo real. Isso é tudo ao vivo. Parece muito perigoso [e] pode ser muito perigoso se você não souber o que diabos está fazendo. A maioria são acrobacias reais. Há muito poucas tomadas de tela azul no filme. Não há muitas cenas com CGI. Alguns dos CGIs são uma merda. Há algumas cenas com as quais eu não estava feliz, ok? Tudo bem,” disse Bay ao jornal francês  Les Cinémas Pathé Gaumont .

“Neste filme nós filmamos uma ambulância ao vivo. É muito difícil conseguir colocar uma equipe naquela coisa. […]Às vezes, filmávamos a cena três vezes: ao vivo, depois de outra ângulo mostrando a parte de trás, e por isso às vezes temos a sensação de que tem uma luz batendo, porque é a luz do sol real. Tudo está acontecendo durante o dia no intervalo de três horas”.

O que você achou? Siga @siteepipoca no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui.

Veja mais ›