Decisão da Warner Bros. causa polêmica e gera guerra entre estrelas de Hollywood

Mulher Maravilha 1984
Mulher Maravilha 1984 (Divulgação/ Warner Bros.)

Na última semana a Warner Bros. anunciou a decisão de lançar simultaneamente nos cinemas e no HBO Max suas maiores estreias de 2021. Ao todo são 17 filmes, entre eles estão Duna, Godzilla vs Kong, O Esquadrão Suicida, Matrix 4, Mortal Kombat e Space Jam: Um Novo Legado.

A decisão vem causando grande polêmica principalmente entre as grandes redes de cinema, e agora vem a afetando também diversos atores, cujos representantes questionando o posicionamento da Warner Bros.

Uma matéria do The New York Times (via Legião dos Heróis), relatou que a atriz Gal Gadot e a diretora Patty Jenkins foram consultadas pelo estúdio sobre o lançamento simultâneo de Mulher-Maravilha 1984 e ainda receberam cerca  US $ 10 milhões por tal decisão.

Isso teria causado um grande alvoroço entre as agências de talentos, e os representantes de atores como Denzel Washington, Margot Robbie, Will Smith, Keanu Reeves, Hugh Jackman e Angelina Jolie, que quiseram segundo a publicação saber se também teriam mesmo tratamento que Gadot e Jenkins.

Mais polêmicas

Além disso, foi relatado que há rumores que o Sindicado dos Diretores de Hollywood quer boicotar a Warner Bros.

Algo muito parecido com o que aconteceu entre a AMC Theathers e a Universal, quando este último decidiu lançar Trolls 2 diretamente sob demanda.

Em outra matéria, a Variety reportou que a Legendary pretende processar a Warner Bros. por decidir lançar Duna e Godzilla vs Kong simultaneamente no cinema e no HBO Max. Fontes dizem que as empresas estão tentando um acordo amigável, mas caso não aconteça, a Legendary entrará com um processo.

Até mesmo a decisão do lançamento híbrido foi recebida com resistência dentro da própria Warner Bros.. Segundo o site Bloomberg, os executivos da AT&T, que comandam o conglomerado, ficaram espantados com a decisão, mas acabaram sendo convencidos da ideia através de Jason Kilar, presidente da WarnerMedia que quer de alguma forma aumentar o valor da HBO Max.

Formado em administração e psicologia. Fez curso de desenho com especialização em cartoons. Adora videogame, animações e filmes e séries de super heróis e monstros.


SIGA-NOS E VEJA MAIS


Veja mais ›